Notícias

Escolas são orientadas sobre atualização das vacinas em Campanha de Imunizações

Os estudantes da rede estadual de ensino estão sendo orientados sobre a importância da atualização do calendário de vacina durante a Campanha Estadual de Imunizações, que foi iniciada na segunda (18) e prossegue até sexta (22), tendo as escolas como ponto de partida.

Nesta quinta-feira (21), a campanha foi reforçada na Escola de 1º Grau Jesus Cristo, localizada no bairro de Pau da Lima, em Salvador, com uma série de atividades realizadas em conjunto por equipes das Secretarias Estaduais da Educação e da Saúde.

 

A Campanha Estadual de Imunizações, conforme o coordenador de Educação Ambiental e Saúde do Estado, Fabio Barbosa, é o primeiro passo após a institucionalização da portaria SEC/SESAB n° 01/2018, que dispõe sobre a obrigatoriedade da apresentação da carteira/cartão de vacinação em creches e escolas, em todo o território do Estado da Bahia.

“É uma ação muito importante como estratégia de instrumentalizar a escola na perspectiva de verificar se o cartão de vacina do aluno encontra-se atualizado. Além disso, visa a construção de uma educação integral, integrada e integradora, bem como a realização de atividades socioeducativas para mostrar a importância da vacinação e esclarecer que a vacinação previne doenças imunopreveníveis que podem interferir no processo de ensino e aprendizagem e, consequentemente, na continuidade do percurso educativo dos nossos estudantes”, disse.

Postado em 21 de Fevereiro, às 16:17 por Yago Lázaro 0 comentários

UFRB divulga resultado da primeira chamada do Cadastro Seletivo 2019

A matrícula dos aprovados compreenderá duas etapas. A pré-matrícula será realizada pela Superintendência de Regulação e Registros Acadêmicos (SURRAC). A entrega da documentação deve ser feita entre os dias úteis do período de 22 a 26 de fevereiro, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30 (horário local), no Campus Universitário em Cruz das Almas.

O candidato convocado só poderá ser matriculado em um único curso da UFRB. Os estudantes já matriculados em outros cursos deverão solicitar a desistência da vaga anterior no ato da nova matrícula, que poderá ser realizada por procurador.

Os candidatos aprovados nas modalidades de vaga L1, L2, L4, L1D, L2D, L3D, L4D, A1 e AD deverão ser avaliados pelas respectivas Comissões de Aferições como informado no edital. Os candidatos que não comparecerem nas datas indicadas ou não apresentarem a documentação exigida perderão o direito à vaga.

A confirmação da matrícula será realizada pelo Núcleo de Gestão Técnico Acadêmico do Centro de Ensino no qual o ingressante realizará o curso, de acordo com o horário de funcionamento do setor, no período de 12 a 18 de março. O início do primeiro semestre de 2019 será no dia 25 de março.

Segunda chamada – Uma nova chamada do Cadastro Seletivo 2019.1 está prevista para o dia 20 de março, condicionada à existência de vagas disponíveis, que não foram ocupadas ou que foram preenchidas e desocupadas mediante desistências ou cancelamentos.

Postado em 21 de Fevereiro, às 11:35 por Yago Lázaro 0 comentários

ACEB lança campanha “Educação que transforma, por uma Bahia melhor”

“Professores qualificados e valorizados; gestores capacitados; infraestrutura escolar adequada; educação integral; níveis de ensino articulados e integrados aos entes federativos. Com esta lógica, é possível melhorar a educação na Bahia”. Com base nesta afirmação, a Associação Classista de Educação e Esporte da Bahia (ACEB) está lançando a campanha “Educação que transforma: por uma Bahia melhor”. O objetivo é colaborar para melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no estado através de ações que tragam resultados efetivos.

Por ter sua origem na luta em defesa da educação, cultura e esporte como aliados da pedagogia, a ACEB decidiu aderir ao movimento que está acontecendo no estado com o intuito de mudar a educação na Bahia. A campanha vai começar com a entrega de uma Carta ao Governo Estadual e aos Governos Municipais através da União dos Municípios da Bahia (UPB) e Assembleia Legislativa, com conteúdo dos educadores, estudantes e gestores.

“O Governador reeleito disse, logo após sua posse, no início do ano, que a educação será prioridade da gestão. Essas palavras soaram bem aos ouvidos dos acebianos e acebianas, pois a área realmente precisa de uma atenção maior. Contudo, precisamos que ações eficazes sejam desenvolvidas para que as promessas sejam, de fato, cumpridas”, declararam os dirigentes da ACEB, Marinalva Nunes e Claudemir Nonato (conhecido como Pigue).

Outra ação da Associação no sentido de aprimorar a educação no Estado será a realização do Seminário “Educação que Transforma”, que terá como meta o compartilhamento de ferramentas e modelos de gestão da educação que estão dando certo. Voltado principalmente para Secretários de Educação e gestores da área que atuam em diversos estados do Nordeste, o evento será realizado em Salvador em data a ser confirmada. A ideia é reunir as melhores práticas em educação a fim de que cada participante possa levá-las para sua região.

“Algumas escolas da Bahia já apresentam um resultado satisfatório a partir de ações positivas isoladas, mas quando se considera a média de todos os colégios, os índices são negativos. Precisamos que as boas práticas de algumas de nossas escolas e dos colégios de outros estados sejam compartilhadas e implementadas em toda a rede estadual de ensino”, defenderam os dirigentes.

A fim de incentivar a formação continuada de professores, a ACEB executa, há 16 anos, um programa de formação continuada, com viés classista, através de cursos de qualificação em parceria com renomadas instituições de educação no estado.

Ações – Além da qualificação de professores, a ACEB acredita que outras importantes ações precisam ser realizadas para otimizar os índices da educação no Estado: reorganização da estrutura das escolas; capacitação de gestores; formação classista dos trabalhadores em educação; nomeação de um(a) coordenador(a) pedagógico(a) por turno em cada unidade; atuação de psicopedagogos(as) nas escolas e ampliação das unidades escolares com tempo integral e incremento dos Institutos Profissionais. “Além disso, entendemos que a cultura e o esporte são fabulosas ferramentas no sistema de ensino pela paixão, socialização e disciplina que imprimem”, destacou Pigue.

De acordo com o vice-presidente da ACEB, Marcelo Ramos, “as escolas precisam implementar e desenvolver mais projetos que fomentem a cidadania. É preciso estimular as artes (visuais, música, teatro, dança, etc) e fomentar o esporte, através de iniciação esportiva nas mais diversas modalidades, torneios e eventos esportivos que possam ir além das aulas de educação física”, frisou.

Segundo Marinalva Nunes e Claudemir Nonato, a valorização profissional do educador passa pela compreensão e consciência da nobreza da função por parte da sociedade. “Formação continuada, desenvolvimento da carreira e elevação do piso salarial são importantes no processo de transformação da educação no estado. Professores, coordenadores, gestores e demais trabalhadores em educação são os guardiões da transformação social”, resumiram os dirigentes da ACEB.

Postado em 21 de Fevereiro, às 11:18 por Yago Lázaro 0 comentários

Professora é destaque internacional em pesquisas sobre incêndios florestais

Identificar as causas e avaliar os impactos dos incêndios florestais na Mata Atlântica e no Cerrado bem como a recuperação de áreas degradadas pelo fogo. Esse é o tema de trabalho desenvolvido pela professora Dalva Maria da Silva Matos, do Departamento de Hidrobiologia (DHb) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), foi citada na lista das mulheres que lideram as pesquisas sobre incêndios florestais no planeta.

O artigo publicado pela revista científica FIRE (disponível em https://bit.ly/2VbJ62z) inclui nove pesquisadoras brasileiras.

A atuação da professora Dalva Matos se concentra na linha de Ecologia e Conservação e inclui uma avaliação de incêndios dentro de um ambiente florestal e contribuições para uma síntese sobre os serviços ecossistêmicos na América Latina. "Me interesso em buscar respostas para diferentes questões na área de Ecologia para auxiliar na conservação da biodiversidade e serviços ecossistêmicos. Por essa razão, tenho me dedicado em avaliar os impactos causados por ações antrópicas (do homem) sobre populações e comunidades vegetais terrestres e dulciaquícolas (de água doce)", sintetiza a docente.

 

Postado em 21 de Fevereiro, às 09:51 por Yago Lázaro 0 comentários

UNDIME ratifica fortalecimento do Regime de Colaboração com Estado

Na tarde desta quarta-feira (20), os Dirigentes Municipais de Educação de Elísio Medrado e Santa Inês, Presidente da UNDIME e Diretor de Comunicação da Seccional Bahia, Williams Panfile Brandão e Marcos Paiva, respectivamente, acompanhados do Assessor Renê Silva, se reuniram com o SUB Secretário da Educação do Estado, Danilo de Melo Souza.

Durante o encontro que teve o objetivo de apresentar o plano de trabalho já desenvolvido pela UNDIME junto aos Territórios, como forma de fortalecer o Regime de Colaboração na educação pública entre estado e municípios, um documento foi entregue ao SUB Secretário e discutido com o mesmo a pedido do Secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues.

“Nós tivemos uma reunião na quinta-feira da semana passada aqui com o Secretário Jerônimo e a pedido dele, estamos retornando para apresentar o que já estamos realizando e o que planejamos para 2019 com base nas nossas andanças pelos Territórios”, destaca Williams.

Para Renê, os encontros com o novo secretário estão sendo muito proveitos. “Eles tem o propósito maior de fortalecer esse Regime de Colaboração e a proposta entregue indica que a UNDIME está atenta para as demandas dos municípios e uma nova reunião para a próxima semana já ficou agendada”.

Marcos Paiva enfatiza que os encaminhamentos indicados no documento apresentado são frutos de escutas da UNDIME junto aos Territórios. “Ao longos dos dois últimos anos a UNDIME realizou diversos encontros nos Territórios de Identidade, com a presença do Conviva, com membros da Diretoria e Técnicos que ampliaram não somente a área de atuação da UNDIME como também o olhar sobre as necessidades dos municípios frente às políticas públicas educacionais”.

Postado em 20 de Fevereiro, às 20:58 por Magno Bastos 0 comentários

UFRB abre inscrições para discente especial de graduação com ingresso em 2019

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) anuncia a abertura das inscrições para os interessados em cursar componentes curriculares na condição de aluno especial de graduação, com ingresso em 2019.

É possível cursar até cinco componentes curriculares em cursos de graduação, sem constituir vínculo com o curso e sem necessidade de participação em processo seletivo. O discente especial receberá uma certidão, com o registro do desempenho obtido no componente cursado, que poderá ser aproveitado quando ingressar na instituição.

 Os interessados devem se dirigir o Núcleo de Gestão Técnico-Acadêmico do Centro de Ensino responsável pela oferta do componente, preencher o formulário de solicitação com os nomes dos componentes que deseja cursar e entregar fotocópia do RG, CPF e o documento que comprove sua condição acadêmica.

Podem se inscrever quaisquer alunos que estejam cursando o terceiro ano, mediante apresentação da declaração da Unidade Escolar, ou que concluíram o Ensino Médio, com a fotocópia do certificado de conclusão; discentes regulares de cursos de graduação de outras instituições, com a fotocópia do histórico escolar atualizado; e portadores de diploma de cursos de graduação, mediante fotocópia do diploma e do histórico escolar.

Para identificar os componentes curriculares que deseja cursar, basta acessar o Projeto Pedagógico de cada curso, que está disponível nos sites dos Centros de Ensino: CCAAB, CETEC, CFP, CCS , CAHL, CECULT e CETENS. 

Neste documento constam os nomes dos componentes curriculares ofertados por semestre. Não é permitida a inscrição em Estágios, Trabalhos de Conclusão de Cursos e/ou atividades formativas similares ou da mesma natureza.

Caberá ao Colegiado do Curso se pronunciar sobre a disponibilidade e deliberar a solicitação.

Postado em 20 de Fevereiro, às 11:12 por Yago Lázaro 0 comentários

UFRB divulga 1ª chamada da seleção para candidatos indígenas ou quilombolas

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), torna público o resultado da primeira chamada do processo seletivo especial para estudantes indígenas aldeados ou moradores das comunidades remanescentes dos quilombos.

Os candidatos convocados devem realizar a pré-matrícula nos dias 22, 25 e 26 de fevereiro, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, junto à Superintendência de Regulação e Registros Acadêmicos (SURRAC), no Auditório da Biblioteca do Campus Cruz das Almas. Para esta etapa, o candidato convocado deve apresentar, além dos documentos que são comuns a todos candidatos, a documentação correspondente à condição de indígena aldeado ou morador das comunidades remanescentes de quilombos.

A segunda etapa refere-se à confirmação de matrícula, que deve ser realizada no período de 13 a 18 de março, e consiste na retirada do comprovante de inscrição em componentes curriculares do semestre e confirmação do vínculo junto ao Núcleo de Gestão Técnico Acadêmico do Centro de Ensino no qual o ingressante realizará o curso. O candidato que não comparecer a quaisquer das etapas não terá sua matrícula efetivada, perdendo automaticamente o direito à vaga.

Caso haja vagas não ocupadas após a realização da matrícula dos candidatos aprovados, será realizada uma segunda chamada no dia 20 de março, obedecendo a ordem de classificação. O processo seletivo foi constituído de etapa única em que foram utilizadas as médias aritméticas das notas obtidas nas provas do Enem 2018.

Postado em 20 de Fevereiro, às 09:13 por Yago Lázaro 0 comentários

Programa Idiomas sem Fronteiras na UFRB abre seleção para professor de Inglês

A coordenação do Programa Inglês Sem Fronteiras (IsF) na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) divulga edital para processo seletivo simplificado visando à formação de cadastro reserva de professores de Língua Inglesa para atuarem no Núcleo de Línguas (NucLi-IsF).

No ato da inscrição é necessário que o candidato envie os documentos listados no edital.

Podem participar do processo seletivo prioritariamente alunos de instituições federais ou estaduais, matriculados nos cursos de Licenciatura em Letras - Inglês, e alunos de instituições federais ou estaduais, matriculados em Programas de Pós-Graduação em Letras ou Linguística, desde que licenciados em Letras - Inglês. Profissionais licenciados em Letras - Inglês que não estejam matriculados em Programas de Pós-Graduação em Letras ou Linguística também podem se candidatar, porém a prioridade será dada aos candidatos graduandos ou pós-graduandos.

Os interessados devem ainda ter disponibilidade de 20 horas semanais, com flexibilidade de horários, para dedicação às atividades do NucLi-IsF; ter familiaridade com as tecnologias de informação e comunicação (TIC) e não receber bolsa governamental/institucional de qualquer natureza, com exceção do tutor UAB.

A seleção será desenvolvida em três etapas: análise documental, de caráter eliminatório; avaliação didática e entrevista, de caráter classificatório. O resultado da etapa de análise documental será divulgado no dia 18 de março no site do IsF. A prova didática consistirá de uma microaula, em língua inglesa, com duração de 20 minutos, a ser realizada no dia 03 de abril, a partir das 13h. Encerrada a prova, o candidato passará por uma entrevista com a Comissão Examinadora.

Os candidatos aprovados na seleção têm a possibilidade de contratação de acordo com a demanda do NucLi-IsF, que está em fase de expansão e desenvolverá atividades nos seis campi da UFRB: Amargosa, Cachoeira, Cruz das Almas, Feira de Santana, Santo Amaro e Santo Antonio.

A remuneração do candidato convocado será proveniente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), por intermédio de uma bolsa mensal com valor equivalente ao da bolsa de Mestrado, com duração de 12 meses e possibilidade de renovação por igual período.

Postado em 18 de Fevereiro, às 16:57 por Yago Lázaro 0 comentários

Secretaria da Educação do Estado debate regime de colaboração com os municípios

Jerônimo Rodrigues, e do subsecretário da pasta, Danilo Souza, com representantes da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME-BA), na quinta-feira (14), na sede da Secretaria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). A proposta é estreitar ainda mais o diálogo com os municípios baianos seja por meio da formação de professores ou do assessoramento técnico, visando a união de esforços para melhorar o processo de ensino e aprendizagem, de modo a garantir ao estudante o sucesso no seu percurso escolar, da Educação Infantil até o Ensino Médio.

O secretário Jerônimo destacou a importância da parceria com os dirigentes municipais de Educação. "Essa é uma relação necessária para a Educação estadual, porque todos os estudantes da nossa rede são oriundos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental. Então, se a UNDIME faz um bom trabalho neste momento, nós vamos receber o estudante com uma qualidade diferenciada. Entendemos que essa aproximação foi para estreitar a parceria e o regime de cooperação, para, justamente, analisarmos o que podemos fazer de forma conjunta, de capacitação, material e articulação. E sempre, claro, respeitando a autonomia das Secretarias Municipais de Educação", afirmou.

O presidente da UNDIME-BA e secretário de Educação do município de Elíso Medrado, Williams Panfile, falou sobre os desdobramentos da reunião. "Estamos muito felizes com este primeiro contato com o secretário Jerônimo, no sentindo de dialogar e se aproximar dos municípios, fortalecendo esse regime de colaboração, principalmente com os locais que precisam melhorar o ensino e a aprendizagem. Então, a reunião foi muito importante, porque demonstrou o interesse do Estado em fortalecer, ainda mais, esse regime de colaboração", ressaltou.

Postado em 15 de Fevereiro, às 15:00 por Yago Lázaro 0 comentários

Hoje é o último dia de matrícula do ProUni Programa Universidade para Todos

Hoje (14), é o último dia para os estudantes selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) fazerem a matrícula nas instituições de ensino superior. O resultado da primeira chamada foi divulgado no último dia 6.

Os estudantes devem comparecer às instituições com os documentos que comprovam as informações prestadas na ficha de inscrição. Cabe aos candidatos verificar os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A lista da documentação necessária está disponível na internet.

Algumas instituições podem exigir dos candidatos aprovados que façam uma prova. Os estudantes devem verificar, no momento da inscrição, se a instituição vai aplicar processo seletivo próprio. As instituições que optarem por processo próprio devem explicar o procedimento formalmente aos estudantes, no prazo máximo de 24 horas da divulgação dos resultados das chamadas.

O registro da aprovação ou reprovação dos candidatos no Sistema Informatizado do ProUni e a emissão dos respectivos termos de Concessão de Bolsa ou termos de Reprovação pelas instituições de ensino serão feitos entre os dias 6 e 18 de fevereiro para os selecionados na primeira chamada. Caso o estudante não compareça no prazo estipulado, ele será reprovado.

Aqueles que não foram selecionados na primeira chamada poderão ainda ser aprovados na segunda, que será divulgada no dia 20 de fevereiro. Haverá também uma terceira chance. Quem não for escolhido pode integrar a lista de espera nos dias 7 e 8 de março.

Inscrições

Ao todo, 946.979 candidatos se inscreveram na primeira edição do ProUni deste ano, de acordo com o Ministério da Educação. Como cada candidato podia escolher até duas opções de curso, o número de inscrições chegou a 1.820.446.

Nesta edição, são ofertadas 243.888 bolsas de estudo em 1.239 instituições particulares de ensino. Do total de bolsas, 116.813 são integrais e 127.075, parciais, de 50% do valor das mensalidades.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Em contrapartida, o programa oferece isenção de tributos às instituições que aderem ao programa. Podem participar estudantes que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido no mínimo 450 pontos na média das provas, sem zerar a redação. O candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (bolsa integral) ou de até três salários mínimos (bolsa parcial 50%).

Os estudantes selecionados podem pleitear ainda Bolsa Permanência, para ajudar nos custos dos estudos, e podem também usar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para garantir parte da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

Postado em 14 de Fevereiro, às 12:16 por Toy Guimarães 0 comentários

Termina hoje die 14 de fevereiro o prazo de inscrição para o Fies

Termina hoje (14) o prazo de inscrição para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os candidatos devem acessar o site do Fies para tentar uma vaga no programa, que financia cursos superiores em instituições privadas.

Podem participar os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e obtiveram nota média nas provas igual ou superior a 450. Além disso, não podem ter zerado a redação.

Na hora da inscrição, é possível escolher até três opções de curso entre aqueles com vagas disponíveis dentro do grupo de preferência, que também é escolhido pelo estudante de acordo com o perfil e interesse.

Modalidades
O Fies oferece duas modalidades. A primeira é financiamento com juro zero para os estudantes que tiverem renda per capita mensal familiar até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o limite de renda.

A segunda é a denominada P-Fies, destinada aos estudantes com renda per capitamensal familiar até cinco salários mínimos. A modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e de Desenvolvimento e com recursos dos bancos privados participantes.

Os bolsista parciais do Programa Universidade para Todos (ProUni), ou seja, aqueles que têm bolsa de 50% da mensalidade, poderão participar do processo seletivo do Fies e financiar a parte da mensalidade não coberta pela bolsa.

Cronograma
O Fies oferece financiamento para cobrir os custos das mensalidades de instituições privadas de ensino superior. Na página do programa está disponível uma sessão de perguntas e respostas.

Os candidatos pré-selecionados na modalidade Fies deverão acessar o FiesSeleção e complementar a inscrição para contratação do financiamento no sistema, no período de 26 de fevereiro a 7 de março. A pré-seleção dos participantes da lista de espera será de 27 de fevereiro a 10 de abril.

Postado em 14 de Fevereiro, às 12:11 por Toy Guimarães 0 comentários

Seu filho tem dificuldades com operações matemáticas? Ele pode ter discalculia!

Você sabe o que é discalculia? No vocabulário de muitos pais, essa palavra pode ser nova ou nem existir. Mas saiba que ela pode ser indício de que seu filho precisa de ajuda? Muitas crianças, adolescentes e até adultos enfrentam obstáculos na vida acadêmica por conta dela.

A psicopedagoga do Instituto NeuroSaber Luciana Brites explica que a discalculia é um distúrbio de aprendizagem caracterizado pela dificuldade em desempenhar tarefas ligadas a toda e qualquer operação matemática. Ela ressalta que essas barreiras incluem também a compreensão de conceitos numéricos e a utilização de fórmulas, símbolos ou qualquer outro ícone que faça alusão ao saber matemático.

- É bem provável, por exemplo, que um aluno não consiga associar a palavra quatro ao algarismo correspondente. No entanto, o distúrbio de aprendizagem não é o mesmo que a dificuldade que todos nós podemos ter na compreensão de uma disciplina específica. Não se trata de algo que pode ser resolvido com aulas particulares – comenta.

Segundo a psicopedagoga, cada pessoa pode manifestar uma característica em relação à ocorrência da discalculia, desde a escolinha até mesmo na universidade. Por exemplo, no período da pré-escola, o aluno pode não conseguir discernir os diferentes algarismos. “O estudante não segue a ordem correta dos números (1 a 5, por exemplo), a criança demonstra dificuldades para aprender a contar os dedinhos da mão. Seu progresso é aquém dos demais coleguinhas.”

- No ensino fundamental, é comum esse estudante ter problemas na aprendizagem de operações básicas, como adição e subtração. Usa os dedos para contagem simples por não ter facilidade para raciocinar. No ensino médio, apresenta dificuldades para compreender valores e lidar com medidas, não consegue olhar as horas em relógio de ponteiro. Já na universidade, pode ter problemas para ler gráficos e infográficos e dificuldade de obter sucesso em provas de vestibular que envolva números e fórmulas – esclarece.

Luciana explica que a discalculia é causada pelo mau desenvolvimento do cérebro, lesão cerebral, genética e pelo ambiente. Porém, o diagnóstico deve ser feito por psicopedagogo, psicólogo escolar e neuropediatras.

- O tratamento deve ser realizado por uma equipe multidisciplinar e também deve ser desempenhado por professores em educação especial para a utilização estratégica da matemática. Tudo isso para impulsionar o percurso pedagógico do aluno – conclui.

Luciana Brites

Uma das fundadoras do Instituto NeuroSaber, Luciana Brites é Pedagoga especializada em Educação Especial na área de Deficiência Mental e Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Unifil Londrina. Também é especialista em Psicomotricidade pelo Instituto Superior de Educação Ispe – Gae São Paulo, além de coordenadora do Núcleo Abenepi em Londrina.

NeuroSaber (www.neurosaber.com.br)

O projeto nasceu da necessidade de auxiliar familiares, professores, psicólogos, fonoaudiólogos, psicopedagogos, terapeutas ocupacionais, médicos e demais interessados na compreensão sobre transtornos de aprendizagem e comportamento.

Postado em 12 de Fevereiro, às 12:20 por Toy Guimarães 0 comentários

Inscrições para Cadastro Seletivo 2019.1 da UFRB seguem até 14 de fevereiro

Os candidatos não convocados pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) a partir da Lista de Espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019.1 ainda podem se inscrever para participar do Cadastro Seletivo para preenchimento das vagas remanescentes nos cursos de graduação.

O prazo de inscrição no Cadastro Seletivo da UFRB segue até o dia 14 de fevereiro, exclusivamente pela internet, por meio do sistema eletrônico de ingresso da UFRB disponível em http://processoseletivo.ufrb.edu.br. Para ter acesso ao sistema, o candidato deverá inserir seu número de CPF e o número de inscrição no ENEM 2018.

O Cadastro Seletivo 2019.1 poderá ter até duas chamadas, condicionadas à existência de vagas disponíveis. A primeira chamada dos convocados está prevista para o dia 18 de fevereiro e a segunda para o dia 20 de março. É de inteira responsabilidade de o candidato acompanhar os procedimentos quanto à ocupação destas vagas.

A pré-matrícula dos candidatos convocados na primeira chamada ocorre nos dias 22, 25 e 26 de fevereiro, no campus Cruz das Almas, mediante apresentação dos documentos exigidos no edital e, quando for o caso, verificação da condição de reserva de vaga. Já a confirmação da matrícula deve ser realizada no Núcleo de Gestão Técnico Acadêmico do respectivo Centro de Ensino, no período de 12 a 18 de março.

Os candidatos convocados na segunda chamada do Cadastro Seletivo realizam a pré-matrícula e, quando for o caso, a verificação da condição de reserva de vaga, no dia 22 de março, no campus Cruz das Almas. A confirmação será no período de 25 a 27 de março, no Núcleo de Gestão Técnico Acadêmico do respectivo Centro de Ensino.

Postado em 12 de Fevereiro, às 11:28 por Toy Guimarães 0 comentários

Aplicativo ajudará monitoramento nas escolas cívico-militares

Os pais ou responsáveis pelos estudantes das quatro escolas nas quais será implementado o modelo de gestão cívico-militar no Distrito Federal terão acesso a um aplicativo para ajudar no acompanhamento da rotina escolar. A Secretaria de Educação do DF estuda ampliar o sistema para as demais escolas da rede pública, visando a envolver cada vez mais os pais no processo de ensino.

“Notas, atraso, elogio, dever de casa que não foi feito, tudo isso é lançado, e o próprio sistema avisa aos pais. Então, os pais têm controle diário de eventual atraso do filho. É algo que as escolas particulares têm”, disse o assessor especial da secretaria, Mauro Oliveira.

Oliveira ressaltou que muitos pais não têm acesso a telefone, então a comunicação se dará também por meio da agenda escolar. “O pai recebe bilhete que o aluno recebeu elogio, que ele se destacou ou que não fez o dever ou chegou atrasado. Isso estabelece vínculo com o pai”, acrescentou.

O aplicativo GR8 Escolar é usado em Goiás e foi cedido pelo governo ao DF. “[Queremos] buscar o máximo das melhores práticas e que possam ser replicadas. Esse é o grande ganho tanto desse projeto quanto de outros de sucesso. Há escolas que não têm esse modelo [cívico-militar], mas são de sucesso. O que for de boas práticas deve ser replicado, com certeza”, destacou.

Estudos mostram que a maior participação de pais e responsáveis na educação das crianças e adolescentes ajuda a melhorar o rendimento deles na escola. A participação dos responsáveis tem inclusive mais peso que a infraestrutura das escolas.

Tarefa
Mariney Helena da Luz Stein, professora de artes visuais do CED 308 do Recanto das Emas, disse que obter o engajamento não é tarefa fácil. “Ano passado, como professora, convoquei os pais, carimbei caderno, chamando a atenção dos pais para a falta de comprometimento dos filhos”, disse. “Pedi para, por favor, acompanhar a vida escolar dos filhos. Até agora, não tive respaldo de nenhum pai. Nenhum carimbo foi assinado por um pai sequer.”

Lindalva de Maria da Silva Serra, autônoma, 36 anos, prova que existem exceções, pois faz questão de acompanhar as atividades da filha, Jéssica, 11 anos, aluna do CED 1 da Estrutural. 

 

Postado em 11 de Fevereiro, às 11:26 por Toy Guimarães 0 comentários

Escolas cívico-militares divergências marcaram debates preparatórios

Ao longo das férias, durante as reuniões sobre a implementação das escolas cívico-militares, pais, professores e alunos participaram de debates acalorados. Houve dúvidas e também ausências durante os encontros. Portaria que trata da implementação do modelo foi publicada no dia 31 de janeiro.

Mães, pais e responsáveis apoiam oprojeto, pois acreditam que reduzirá a violência e melhorará o desempenho dos estudantes. É o caso da dona de casa Rosa Lima Nogueira, 47 anos, moradora do Recanto das Emas, mãe de Mirelly, 12 anos. “Aqui é muito violento. Não sei se é porque os pais trabalham muito, não sei explicar, mas tem muita briga na frente das escolas da região. Às vezes, não temos condições financeiras para dar o melhor para nossos filhos. Já pensou, o melhor chegando aqui? Coisa de Deus”, disse a mãe.

Para o professor de educação física Milton José da Silva, presidente do conselho escolar do CED 308 do Recanto das Emas, é preciso também gerar emprego e renda para as famílias da região.  “Essa comunidade precisa de emprego, precisa de renda para as famílias, precisa valorizar mais o trabalho das pessoas e não de disciplina dura. Temos muitos pais que vêm aqui para almoçar. Muitos alunos que vêm para almoçar porque não têm almoço em casa", afirmou o professor.

"De acordo com a lei da gestão democrática, é preciso fazer assembleia nas escolas para que as comunidades escolares aprovem ou não a continuidade do projeto. Fizemos as assembleias nas quatro comunidades. Houve algum tumulto em dois lugares, mas mesmo assim, fizemos as reuniões e a maior parte da comunidade escolar, a maior parte dos professores aprovou a participação. A gente seguiu a lei", disse o secretário de Educação do DF, Rafael Parente.

Recanto das Emas  
Os processos de votação foram diversos. No CED 308 do Recanto das Emas, escola que fica a cerca de 30 km do centro de Brasília, uma primeira reunião com a comunidade foi feita no dia 29 de janeiro. Compareceram pais de ex-alunos, pais e responsáveis interessados em matricular os filhos futuramente na escola, pais e estudantes que de fato estavam matriculados no centro de ensino, além de curiosos.

A PMDF reuniu-se com os professores para apresentar detalhadamente o projeto no último dia 5. No dia 7, uma nova reunião foi convocada, então, pelo conselho escolar. Nela, foi feito um controle dos presentes e puderam votar apenas a comunidade escolar, composta por pais, estudantes e professores. Dos 956 alunos, compareceram à votação 22 estudantes e quatro pais. A maioria votou contra. Para a direção da escola e a Secretaria de Educação, o quórum baixo não representa a comunidade.

 “Talvez um dos maiores problemas que assolam a educação pública hoje seja a falta de disciplina. Com a falta de disciplina, o professor não consegue ensinar. Com o modelo de gestão compartilhada com a PM com certeza vamos conseguir uma disciplina maior e, com isso, o professor vai ser respeitado e conseguir ministrar as aulas com qualidade”, destacou Faria.

Professores reagiram à forma como o processo foi implementado. “A comunidade não foi consultada. A gente ficou sabendo dessa primeira reunião pelas redes sociais. A gente não foi convidada”, disse a professora de história Carina Mendes.

Estrutural

Na última terça-feira (5), foi feita uma reunião no CED 1 da Estrutural. Pais,  professores e estudantes participaram. Mas houve queixas sobre a falta de divulgação em torno das discussões. Para os professores, é preciso investir em várias áreas que envolvem educação.

A diretora da escola, Estela Accioly, disse que na reunião recolheu assinaturas e que a maioria aprovava a implementação. “Percebemos que a comunidade está a favor”, disse a diretora, afastando a necessidade de nova votação.

“Há necessidade de investimento educacional. Com a militarização vai vir música, esporte, isso há de se ter em todas as escolas da rede. Além disso, são necessários outros profissionais, como orientadores, psicólogos. Toda estrutura para que se tenha índices melhores”, disse Sílvia de Oliveira Rocha, professora de língua portuguesa.

A costureira Alcione Pereira dos Santos, 32 anos, mãe da Vitória, 9 anos, disse que foi informada sobre o projeto via grupo de WhatsApp e logo foi ao colégio pedir esclarecimentos. “Acho que é um projeto ideal para a Estrutural. É um projeto que vai ajudar muito tanto os adolescentes, quanto as crianças, tinha que ter em todas as escolas”, afirmou a mãe.

Sobradinho

No CED 3 de Sobradinho, a reunião para a votação também foi feita no dia 5, à noite. Ao todo, 556 votaram pela implementação do modelo e 29 não. A escola tem matriculados 1,7 mil estudantes. Puderam votar os pais, professores, funcionários da escola e estudantes maiores de 18 anos. “Eu estou acreditando muito no projeto. A gente tem dificuldade em relação a droga na escola, a agressão entre os alunos”, afirmou a diretora Andréia Martins da Silva.

Ceilândia

Outra reunião realizada no dia 5 foi a do CED 7 de Ceilândia, no ginásio da escola. O público, formado por pais, professores e estudantes estava dividido. Por isso, houve duas votações.

Dos encontros acompanhados pela Agência Brasil, esse teve a maior presença de estudantes, alguns contrários à implantação do modelo. “Tem que investir mais em segurança. Para melhorar tem que ter projetos, esportes, coisas, assim”, defendeu Robert Oliveira, 17 anos, estudante do 2º ano do ensino médio.

Na segunda votação, o projeto foi aprovado por 58,46% dos presentes. Puderam votar os alunos maiores de 18 anos, os pais ou responsáveis, sendo considerado um voto por família, professores e servidores.

Postado em 11 de Fevereiro, às 11:22 por Toy Guimarães 0 comentários

UFRB divulga resultado Lista de Espera e abre inscrições do Cadastro Seletivo 2019.1

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), divulgou nesta quinta-feira, dia 07, a relação de candidatos convocados na Lista de Espera 2019.1. A convocação obedece à ordem decrescente das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, por curso e modalidade de concorrência.

A efetivação da matrícula dos candidatos convocados na Lista de Espera 2019.1 compreende duas etapas. A primeira etapa representa a pré-matrícula a ser realizada pelo aluno ou procurador e consiste no registro dos convocados mediante apresentação e entrega dos documentos no Campus Cruz das Almas, no período de 12 a 14 de fevereiro. A Superintendência da Regulação e Registros Acadêmicos (SURRAC) é o órgão que recebe e confere os documentos entregues pelos candidatos.

Os candidatos convocados para ocupar as vagas reservadas deverão, obrigatoriamente, comparecer à verificação étnico-racial e/ou aferição do laudo médico e/ou renda familiar, também nos dias 12 a 14 de fevereiro, em Cruz das Almas. Já a confirmação da matrícula será realizada pelo candidato no Núcleo de Gestão Técnico Acadêmico do respectivo Centro de Ensino, no período de 12 a 18 de março. O início das aulas será no dia 25 de março.

Inscrição no Cadastro Seletivo

Os candidatos inscritos na Lista de Espera 2019.1 e não convocados podem participar do Cadastro Seletivo da UFRB para as vagas remanescentes. As inscrições estão abertas período de 07 a 14 de fevereiro, exclusivamente pela internet, por meio do sistema eletrônico de ingresso na UFRB, disponível no link: http://processoseletivo.ufrb.edu.br.

Para ter acesso ao sistema, o candidato deverá inserir seu número de CPF e o número de inscrição no ENEM 2018. O Cadastro Seletivo da UFRB terá duas chamadas para os estudantes interessados. A primeira chamada dos convocados acontece no dia 18 de fevereiro e a segunda no dia 20 de março. É de inteira responsabilidade de o candidato acompanhar os procedimentos quanto à ocupação destas vagas. Mais informações www.ufrb.edu.br/prosel.

Postado em 07 de Fevereiro, às 23:04 por Ivanildo Bastos 0 comentários

Já estão abertas à partir desta quinta-feira as inscrições para o Fies

Começam hoje (7) e vão até o dia 14 deste mês as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições são feitas pela internet, no site do programa. Ao todo, serão ofertadas 100 mil vagas na modalidade juro zero e 450 mil na modalidade P-Fies.

Podem participar os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e obtiveram nota média nas provas igual ou superior a 450. Além disso não podem ter zerado a redação.

Na hora da inscrição é possível escolher até três opções de curso entre aqueles com vagas disponíveis dentro do grupo de preferência, que também é escolhido pelo estudante de acordo com o seu perfil e interesse.

Modalidades

O Fies oferece duas modalidades. A primeira é financiamento a juro zero para os estudantes que tiverem renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda.

A segunda é a denominada P-Fies, destinada aos estudantes com renda per capitamensal familiar de até cinco salários mínimos. A modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e de Desenvolvimento e com recursos dos bancos privados participantes.

Os bolsista parciais do Programa Universidade para Todos (ProUni), ou seja, aqueles que têm bolsa de 50% da mensalidade, poderão participar do processo seletivo do Fies e financiar a parte da mensalidade não coberta pela bolsa.

Cronograma

O Fies oferece financiamento para cobrir os custos das mensalidades de instituições privadas de ensino superior. Na página do programa está disponível uma sessão deperguntas e respostas para tirar dúvidas, entre elas como será feito o pagamento do financiamento, quais as taxas que serão cobradas e os benefícios concedidos.

O resultado da pré-seleção referente ao processo seletivo do primeiro semestre de 2019 para as modalidade Fies e P-Fies será divulgado no dia 25 de fevereiro.

Os candidatos pré-selecionados na modalidade Fies deverão acessar o FiesSeleção e complementar a inscrição para contratação do financiamento no sistema, no período de 26 de fevereiro a 7 de março.

Postado em 07 de Fevereiro, às 11:31 por Toy Guimarães 0 comentários

Sisu convoca a partir de hoje candidatos em lista de espera

A partir de hoje (7), as instituições públicas de ensino vão convocar os candidatos em lista de espera para preencher as vagas que não foram ocupadas na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). 

Cabe agora aos candidatos inscritos acompanhar as convocações nas próprias instituições. Os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso tiveram até o último dia 5 para aderir à lista. 

A partir desta edição do Sisu, os estudantes selecionados em qualquer uma das duas opções não puderam participar da lista de espera. Até o ano passado, os selecionados na segunda podiam ainda participar e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, mais de 1,8 milhão de candidatos se inscreveram.

Postado em 07 de Fevereiro, às 11:23 por Toy Guimarães 0 comentários

I Conferência em Saúde e Estética acontece em Salvador

Com o objetivo de discutir sobre inovação, empreendedorismo e os desafios do mercado de estética, no dia 9 de fevereiro, o Centro Universitário Maurício de Nassau – UNINASSAU Salvador, recebe a I Conferência em Saúde e Estética. O evento ocorre gratuitamente, na unidade Pituba, das 8h às 13h.

A conferência vai contar com cinco profissionais renomados da área que abordarão temas como: Reflexoterapia Podal; Tratamento estético e Hipertrofia Muscular; Avaliação Estética e Capacitação Profissional; Moda e Autoestima e as Cores e a Beleza. “Este encontro visa promover a atualização dos profissionais de Saúde e Estética, já que é um mercado muito promissor”, explica Diana Báfica, coordenadora do projeto e dos cursos de Pós-graduação da Instituição.

O evento é aberto ao público e tem quantidade de vagas limitadas. As inscrições devem ser feitas através do e-mail: [email protected], com as seguintes informações: Nome completo, número do RG e telefone. A UNINASSAU fica localizada na Rua dos Maçons, nº 364

Postado em 06 de Fevereiro, às 10:47 por Toy Guimarães 0 comentários

Candidatos têm até hoje para participar da lista de espera do Sisu

Hoje (5) é o último dia para participar da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo vale para os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso.

A adesão deve ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro. Os candidatos deverão acompanhar as convocações.

Para integrar a lista, os candidatos devem acessar o sistema e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu. Ao finalizar a manifestação o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

A partir desta edição do Sisu, os estudantes selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, os selecionados na segunda podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação.

Postado em 05 de Fevereiro, às 11:06 por Toy Guimarães 0 comentários

Próximo








Enquetes


Categorias

Áudios Cidades Colunas Educação Entretenimento Esportes Mensagens PodCast Polícia Política Publicidade Saúde Tempo

Rede Criativa

Mídia Notícias Rádio Hoje Brasil Repórter Hoje

Cidades

Amargosa Baixo Sul Brejões Elísio Medrado Itatim Laje Milagres Piemonte do Paraguaçú Recôncavo Baiano Salvador e RMS Santo Antonio de Jesus São Miguel das Matas Ubaíra Vale do Jiquiriçá Varzedo Vitória da Conquista e Sudoeste
Anunciar | Você Repórter | Termos de Uso | Contato | Expediente
©Copyright - Criativa On Line - Rede Criativa de Comunicação
A Força da Comunicação na Internet! 22/02/2019 10:26