Notícias

Equipe da UNDIME Bahia participa de Encontro com o CONSED em Salvador

Quatro representantes da UNDIME Seccional Bahia, participam nesta quinta e sexta-feira em Salvador de um encontro coletivo do CONSED – Conselho dos Secretário Estaduais da Educação e União dos Dirigentes Municipais de Educação.

O presidente da UNDIME Bahia, Williams Panfile Brandão, Dirigente Municipal de Educação de Elísio Medrado, Perpétua Boaventura, DME de Conceição do Coité e Wendel Leite, DME de Gandú, do Conselho de Representantes, além de Graça Moreira, Assessora Técnica da Secretaria de Gandú, além de Sônia Magali, Secretária Executiva estão participando do encontro.

Postado em 25 de Abril, às 11:38 por Magno Bastos 0 comentários

Presidente do CONSED fala sobre a importância do diálogo coma UNDIME

Cecilia Motta, Secretária da Educação do Mato Grosso do Sul e presidente do CONSED - Conselho Nacional de Secretários de Educação está em Salvador participando do encontro Agenda da Aprendizagem em parceria com a UNDIME – União dos Dirigentes Municipais de Educação.

Ela já foi DME - Dirigente Municipal de Educação de Campo Grande, e na oportunidade, presidente da UNDIME no Mato Grosso do Sul e vice-presidente da UNDIME Nacional, falou com propriedade da importância desta ação conjunta.

“Não podemos falar de políticas educacionais deixando a UNIME de fora e estamos muito felizes, por perceber não só o estreitamento no diálogo com esta instituição que já tive o prazer de fazer parte, mas sobretudo pelo envolvimento de todos e cada um nessa construção de um política educacional que deve ser coletiva, independente da esfera”, salienta.

Postado em 25 de Abril, às 10:34 por Magno Bastos 0 comentários

Presidente da UNDIME agradece abertura dialogacional com o CONSED

Nesta quinta-feira (25), acontece a abertura do Encontro CONSED e UNDIME em Salvador e a fala do Dirigente Municipal de Educação de Alto Santo no Ceará que é Presidente da UNDIME Nacional, ratificou a alegria de poder perceber que exemplos de diálogos entre quem tem a capacidade de promover a promulgação de políticas públicas educacionais, deve ser exercício diário.

“Esse encontro proposto aqui para Salvador, é fruto de uma série de outros momentos que foram fortalecidos e hoje se confirma como algo que deve ser prensado na sua concepção e notadamente, não há outra forma de discutir educação pública, sem a presença de quem exerce essa função, que são dos Dirigentes Municipais de Educação, que conhecem o chão da escola”, destaca o Professor Aléssio.

Ele acrescenta que a UNDIME tem ocupado seus espaços com muita clareza de sua função, que é lutar pela defesa da educação pública com qualidade social. “Precisamos sempre intensificar a articulação e o diálogo com os setores governamentais, organizando os DME’s propiciando recursos políticos e técnicos e para que tenhamos efetivamente uma educação capaz de promover as melhoras necessárias para nossa sociedade”.

Postado em 25 de Abril, às 10:14 por Magno Bastos 0 comentários

Anfitrião abraça participantes do CONSED e UNDIME em Salvador

Secretários da Educação de todo estado e UNDIME estão reunidos nesta quinta-feira e sexta-feira, dias (25 e 26), estão reunidos em Salvador para um encontro conjunto que tem como temática Agenda da Aprendizagem.

Durante a abertura do encontro, o anfitrião e Secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, saudou os presentes, ratificando a alegria de poder contar com a União dos Dirigentes Municipais de Educação nas formulação e discussão de políticas públicas.

“Queria ratificar que nosso compromisso com a educação do estado, perpassa os limites da rede estadual de educação, nós estamos construindo com a UNDIME uma agenda que está sendo pensada no chão da escola públicas, independente se a escola na qual esta política seja desenvolvida, se da rede municipal ou estadual”, destaca.

Ele disse que os dois dias que se sucedem serão muito produtivos decorrente da programação proposta para o encontro. “Esse momento é rico, pois estamos com a nata da educação pública, no melhor sentido da palavra, que são os que tem a responsabilidade de fomentar e fazer valer a educação pública de qualidade”.

Postado em 25 de Abril, às 09:34 por Magno Bastos 0 comentários

Homem é executado a tiros na cidade de Elísio Medrado na madrugada desta quinta

Na madrugada desta quinta-feira, 25 um homem identificado como Tarcísio foi executado a tiros na cidade de Elísio Medrado no território do Vale do Jiquiriçá.

Por volta de 3 horas da madrugada, moradores da rua em que Tarcísio morava acordaram com o barulho dos tiros.

De acordo com informações, a vítima havia sofrido disparos por arma de fogo quando se envolveu em uma briga na última semana. Ele também já havia cumprido pena por vários anos.

Postado em 25 de Abril, às 08:27 por Redação 0 comentários

Secretaria discute regime de colaboração com a nova diretoria da UNDIME

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) e a União de Dirigentes Municipais de Educação da Bahia (UNDIME-BA) participaram de um encontro, nesta quarta-feira (24), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador. A primeira reunião da nova diretoria da UNDIME-BA tratou sobre o planejamento para o biênio 2019-2021. Ao dar as boas-vindas aos dirigentes da UNDIME-BA, o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre o regime de colaboração com os municípios e destacou o papel da entidade na implementação das políticas públicas educacionais.

“O Estado não consegue fazer uma agenda de Educação se não tivermos a participação das prefeituras e secretarias de educação municipais de forma conjunta. O Currículo Bahia é único, portanto a formação continuada tem que ser unificada, fora outras ações que queremos fazer nas áreas de cultura, esporte e de gestão da escolar. Por isso, estamos, novamente, reafirmando que nosso objetivo é caminharmos juntos, e como encaminhamento já definimos uma reunião para maio, quando a UNDIME-BA irá apresentar um documento com questões de interesse da educação municipal e, assim, a gente irá fazer um planejamento de ações conjuntas”, destacou o secretário Jerônimo Rodrigues.
 
Para o presidente da UNDIME-BA, Williams Panfile, a reunião foi uma oportunidade de estreitar o relacionamento com o Estado. “Além do encontro para organizar um planejamento para os próximos dois anos e criar uma agenda para 2019, de maio a dezembro, nós pudemos dialogar com a equipe técnica da Secretaria da Educação do Estado sobre questões voltadas a ações conjuntas. No último Fórum da UNDIME assinamos um protocolo de intenções com o Estado, no sentido de desenvolver ações focadas principalmente na formação com eixo na Educação Infantil e na Educação Fundamental, além do fortalecimento de avaliação do ensino”, disse.
 
Ainda estiveram presentes o chefe de gabinete da SEC, Cézar Lisboa, e os superintendentes Manuelita Falcão, de Políticas para a Educação Básica; Manoel Calazans, de Planejamento Operacional da Rede Escolar e Ezequiel Westphal,   superintendente da Educação Profissional e Tecnológica, Ezequiel Westphal; além do coordenador de Articulação dos Núcleos Territoriais de Educação, Helder Amorim.

Postado em 25 de Abril, às 08:21 por Magno Bastos 0 comentários

Educação de Elísio Medrado é destaque nacional no Canal Futura

Nesta quinta-feira (25), das 18 às 19 horas, o Diretor Pedagógico da Rede Municipal de Ensino de Elísio Medrado, fará uma participação em rede nacional no Canal Futura, falando das experiências exitosas da educação pública ministrada à luz das metas e estratégias preconizadas no Plano Municipal de Educação. Hoje a transmissão será pelo Facebook do Futura e na próxima terça-feira (30), acontece a transmitido pela TV no Canal Futura pela parabólica e canais fechados.

“O grupo pedagógico à frente da Secretaria da Educação optou por definir em seu Planejamento Estratégico para 2017, um padrão de qualidade para a rede, tomando como base na Meta 7, intitulada, “Atingir as Médias Nacionais do IDEB: Índice de Desenvolvimento da Educação Básica”, acompanhada de um elenco de quinze Estratégias previstas no Plano Municipal de Educação – PME, instituído pela Lei Municipal nº 080/2013”, explica Renilton, indicando o ponto específico que chamou a atenção das equipes do Canal Futura que analisa as práticas de sucesso na educação nos municípios brasileiros.

“O Planejamento Estratégico da Secretaria Municipal de Educação, tem contribuído de maneira significativa para evidenciar as ações de responsabilidade da administração municipal, do secretário de educação, da coordenação pedagógica, dos gestores escolares, dos conselhos, dos professores, tendo como objetivo, não apenas, executar as estratégias previstas, mas, sobretudo, qualificar o processo do ensino e da aprendizagem em cada unidade escolar a partir dos diversos instrumentos do Planejamento como: Projeto Político Pedagógico, Plano Estratégico das Unidades Escolares, Plano de Trabalho das Coordenações Pedagógicas, e os demais Programas aderidos pela rede como o Pnaic, Pacto, Nalfa, Pronacampo, PDE/PDDE dentre outros”, destacou Renilton Sandes.

Postado em 25 de Abril, às 07:44 por Magno Bastos 0 comentários

DME de Itanhém publica Coluna sobre a inteligência artificial

Na atual função que ocupo, como Secretário Municipal de Educação, tenho a obrigação de estar “antenado”. Isso requer manter os sentidos no foco, buscando interagir, da maneira mais adequada possível, com tudo o que se refere às responsabilidades da função. Ademais, requer aguçar a visão periférica, captando a forma e o conteúdo do entorno que emoldura a educação no município, visto que, ainda que estes pareçam secundários, sua influência pode impedir que os resultados a que se buscam atingir não apareçam no tempo planejado ou, até mesmo, ser determinante para o sucesso ou insucesso de um dado projeto.

Entre os muitos assuntos que esta introdução permite, pretendo abordar, neste momento, um tema atualíssimo, alvo de muitas publicações em todos os canais de mídia:  a importância das ferramentas da TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO para a educação. Como venho observando, um número significativo de profissionais da educação e, maior ainda, de pais de alunos, quer por insegurança quer por receio, não vêm utilizando as ferramentas da T.I.C - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO - como deveriam.

É visível que a informação digital avança, e o faz sem pedir qualquer permissão, amparada no fato de que, mesmo nas sociedades mais desenvolvidas, não há normas, leis, direito positivado que a regule na totalidade. Assim, por estas e outras razões, este ramo da ciência não pede licença nem bate à porta para ser atendida. Ela se tornou uma porta! E uma porta tão grande, com tantas ofertas de possibilidades, que todos, sem exceção, pelas mais diversas razões, entre elas curiosidade ou obrigação, acabarão tendo que interagir com este PORTAL, que veio e estabeleceu-se e cujos domínios são inimagináveis. Em face a esse contexto, é necessário que as inseguranças próprias da lida com o novo, com o desconhecido, sejam logo superadas.

 Quem ainda não se sente confortável para interagir com esta NOVA REALIDADE precisa, com urgência, agregar conhecimento, por menor que seja, para obter condições de dialogar, de caminhar junto, de compreender os aspectos positivos e negativos da grande rede WWW (“World Wide Web”, em inglês, e “Rede de Alcance Mundial”, em português).

Quem assim não proceder só restará LAMENTAR. E não há arrependimento que faça voltar o tempo. O máximo que alguns poderão conseguir é tateando ou, sendo guiado por terceiros, manter-se próximo a esta GRANDIA VIA, Avenida Principal do Mundo.

Posto isso, a presente abordagem pretende reiterar, mesmo longe da profundidade que o assunto requer, o que tem sido exposto por profissionais gabaritados, tanto da área da educação quanto da área de informática: a importância de obter conhecimentos mínimos para usar a T.I.C. Sem esses conhecimentos imprescindíveis, é quase impossível conectar-se à realidade.

Como se sabe, o aqui e o agora do jovem do início deste século está exigindo respostas rápidas e difíceis, visto que, ao tempo em que esse jovem tem acesso a um volume de informações sem precedentes, muitas indagações povoam sua mente. Ele precisa de respostas que lhe possibilitem viver entre dois mundos conflitantes.

O primeiro é fruto do ambiente onde nasceu. Deste, ele traz, pela genética e por todo o conhecimento que a família e as instituições da sociedade tentaram nele introjetar, valores advindos dos usos, dos costumes e das normas, regidos por princípios morais e éticos, herança da educação de seus antepassados, responsáveis pela formação de sua identidade inicial.

 O segundo é resultado dos avanços tecnológicos, tal como a T.I.C. Trata-se de um mundo novo que adentrou em sua vida, de uma realidade fascinante que devora mitos e que, num efeito dominó, desconstrói quase tudo o que aprendeu sobre usos, costumes e normas, operando no seu dia a dia, por meio de ferozes ataques à ética e à moral que lhe norteavam. Este novo ambiente o atrai, instigando-o, desafiando-o. Esta conjuntura o seduz. Na sua mente, ele é um coacervado no meio de cultura ideal, sob uma atmosfera ionizada, repleta de luz e energia. Se, num momento, acredita que pode se transformar no que quiser, no momento seguinte, quando a euforia passa - sobretudo para os menos preparados - consequência de inúmeras razões, estará em apuros, tornando-se vítima deste novo ambiente, da nova ordem mundial, que a internet possibilitou. Todos os tipos de mídias, diariamente, apresentam-lhe sucessos e também transtornos. Nesse contexto, atos antes inimagináveis são praticados e sofridos por jovens oriundos de diferentes segmentos da sociedade, os quais não foram orientados a lidar com esta nova realidade

É inegável que há uma nova geração sendo formada, tendo ao seu dispor, em tempo real e gratuitamente, mais informações a que nenhuma outra, em nenhum outro tempo, teve acesso. A título de exemplo, um jovem do nosso tempo possui mais informações em seu celular que todo o conhecimento registrado nos livros e pergaminhos da biblioteca de Alexandria, uma das sete maravilhas do mundo. Caso queira, esse mesmo jovem obterá mais informações sobre guerras que Sun Tizu, Alexandre Magno, Napoleão Bonaparte. Isto era inimaginável há 30 anos.

Depreende-se disso que não se pode negar que os aspectos positivos da TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO são muito maiores e, de longe, superam as inconveniências, digo, sendo brando, o número sem fim de seus aspectos negativos. Em tempo: Por se tratar de um assunto bastante comentado e divulgado, o qual pode ser encontrado facilmente, não me aprofundarei nos detalhes sejam eles positivos sejam negativos.

 No entanto, por outro lado, não se pode deixar de citar que, do casamento entre a Tecnologia da informação e a Internet, nasceu uma criatura, que de um “feto”, há pouco menos de uma década, tornou-se hoje “criança”. Esta criatura vem crescendo a uma velocidade espantosa, já possuindo e superando de longe todos os sentidos humanos: a visão, o olfato, o paladar, a audição e o tato. Sua capacidade de memória e de processamento de dados já alcança a casa de bilhões de “TERAS”(Terabyte - unidade de medida de memória digital) e velocidade de bilionésimo de nano segundos.

Por estes e outros fatores, tal criatura já anda, fala e responde a raciocínio lógico. O nome dessa criatura é INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, a qual, de tão poderosa que está se tornando, tem incomodado até mesmo seus criadores. Sem receio, eles já confessaram: “não sabemos até quando poderemos ter o controle sobre esta criatura; não há dúvida, haverá um momento em que ela se tornará totalmente independente, e o receio maior é que a criatura se volte contra o seu criador”. Disso, conclui-se que não falta muito para que a INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL tenha a possibilidade de DOMINAR o mundo, até agora dominado pela espécie humana.

Sendo assim, em razão da importância da TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO e considerando as constatações que fiz e que persistem no dia a dia do ambiente em que trabalho, destaco duas importantes conclusões:

a)      Há muitos profissionais atuando na educação, os quais, por insegurança e, às vezes, por não buscar conhecimento, estão cada vez mais distanciando-se do futuro, sem perceber que este futuro já começou, que já é uma realidade palpável na vida daqueles que são seus alunos.

b)      A maioria de pais de alunos desta geração não tem consciência de que a principal via de informações do planeta terra, a avenida principal do mundo, está atravessando o caminho de seus filhos, trazendo-lhes não somente benefícios, mas também muitos – e preocupantes – perigos.

Ante o exposto, necessário se faz que todos os profissionais da Educação e pais de alunos busquem se apropriar de mais conhecimento e de como utilizar as ferramentas da Informática.

Nesse sentido, é importante ressaltar que a grande rede, a INTERNET, por todos os seus Portais, oferta gratuitamente, atendendo a qualquer agenda, os caminhos para que qualquer leigo, que quiser, possa aprender os primeiros passos, melhor ainda, o passo a passo de como acessar a GRANDE VIA, buscando nela os seus aspectos positivos e bloqueando e/ou denunciando seus aspectos negativos. Somente conhecendo conteúdos, caminhos e atalhos percorridos pelos jovens na rede é que todos poderão colaborar de forma positiva para que esta nova geração seja os homens e as mulheres que darão continuidade à vida que desejamos para eles e para nosso planeta.

Cumpre registrar ainda que contatos mantidos com outros Dirigentes Municipais de Educação permitem afirmar que os problemas aqui apresentados, relacionados ao uso das ferramentas da Tecnologia da Informação e Comunicação, repetem-se de igual modo na totalidade dos municípios da Bahia. Mudar esta realidade é uma responsabilidade de todos e precisa ser enfrentada com muita urgência. É uma necessidade inadiável.

Por fim, além de desnudar esta realidade que nos afronta, pretendeu-se pautar o tema “A importância do uso das ferramentas da TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO” como o principal item, dos muitos necessários, para mudar a história da educação no Estado da Bahia, a qual infelizmente foi avaliada pelo MEC, em setembro/2018, como a segunda pior educação básica do Brasil.

 

Postado em 25 de Abril, às 07:32 por Redação Criativa 0 comentários

Moradores reivindicam melhorias nas estradas da zona rural de Varzedo

Moradores reivindicam melhorias nas estradas da zona rural de Varzedo. De acordo com eles, as estradas estão intransitáveis e causando risco para as crianças que vão para a escola no ônibus.

Ainda segundo relatos dos moradores, a situação piorou nesse período chuvoso. Além da lama e buracos, postes estão caindo no local.

Postado em 24 de Abril, às 21:58 por Redação Criativa 0 comentários

Posto Avenida em Amargosa está vendendo pneus da marca Dunlop

Novidade no Posto Avenida em Amargosa! Agora trabalhando com pneus DUNLOP. Lá você encontra ótimos preços e divide em até 6 vezes sem juros no cartão. Venha conferir!!

O Posto Avenida fica situado na avenida Abelardo Veloso, centro de Amargosa, eleva o padrão de qualidade do mercado, trazendo o que há de melhor para seus clientes. Combustível com qualidade garantida e serviço qualificado.

Curta a página no Instagram e no Facebook...
#postoavenida #Bahia #qualidade  #viajar  #aberto24horas #qualidade #amargosa #aditivo #radiador

Postado em 24 de Abril, às 21:48 por Ivanildo Bastos 0 comentários

Show Beneficente coma Banda Samba Love, dia 12 de Maio em Amargosa

No dia 12 maio, data em comemora-se o Dia das Mães, haverá um Show Beneficente, com a Banda Samba Love. O evento acontecerá nos bares Cosme Damião e Buteco da Vila em Amargosa.

O objetivo é fazer o sorteio dos prêmios. Lá terá um delicioso ximxim e também venda de bilhetes para os interessados, onde os fundos agariados ajudarão pagar o restante da "REVISTA ORRICO", que em breve será entregue a população.

O evento tem a iniciativa da mãe da modelo Iasmin de Jesus, a Srª Ednea Lima e o empresário e padrasto Joílson Rodrigues da Silva.

O Site Criativa On Line é parceiro do evento e também da Revista Orrico.

Postado em 24 de Abril, às 21:27 por Ivanildo Bastos 0 comentários

Confira na Casa das Espumas em Amargosa diversas ofertas do "Mês do Bebê"

Descontos imperdíveis esperam por você! Venha até nossa loja Casa das Espumas em Amargosa e encontre ótimos produtos, preços baixos e entrega própria!

Venha conferir as novidades do mês do bebê aqui na casa das espumas! Olha essa mantinha, ela oferece noites quentinhas e super confortáveis, é composta de poliéster, e acompanha também naninha! Com esse preço incrível você não vai perder não é?

#casadasespumas #mesdobebe #ofertas #vemaproveitar

A Casa das Espumas em Amargosa está com diversas ofertas também no "Mês do Bebê". Confira!

Lá você encontra tudo para sua casa, como colchões, bicicletas, eletros, móveis, aparelhos para academia, utilidades para o lar, materiais de construção e muitos mais.

A Casa das Espumas fica na Rua Riachuelo, 102 - Centro - Amargosa, Bahia - telefone: +55 (75) 3634 1287.

Postado em 24 de Abril, às 21:24 por Ivanildo Bastos 0 comentários

Passagem molhada beneficiará agricultores familiares do Sertão da Bahia

Agricultores familiares do Território de Identidade Sisal celebram a construção da Passagem Molhada no Rio Cariacá na divisa entre os municípios de Quijingue e de Cansanção. A obra, com mais de 95% de concluída, é uma espécie de ponte, que permite a passagem de veículos e pessoas em períodos chuvosos, além de servir de reservatório de água, o que contribui para a segurança hídrica dos produtores rurais da região. Apesar de ainda estar em fase de finalização, já foi possível armazenar água das chuvas que vêm ocorrendo na região, o que contentou os agricultores familiares.

A Passagem Molhada vai beneficiar mais de 1.200 famílias no entorno dos municípios de Cansanção, Quijingue, Nordestina e Monte Santo.  A coordenação e execução da obra é da Associação dos Pequenos Produtores do Rio Cariacá (APARC), entidade conveniada com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

De acordo com Hamilton Cavalcante, integrante da APARC, o reservatório de água será inaugurado ainda este ano. Ele informou que o Governo do Estado está investindo R$800 mil para a realização da obra” “Os recursos foram destinados por meio de emenda parlamentar do deputado federal licenciado e titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Josias Gomes, com o apoio da deputada estadual Fátima Nunes.

José de Araújo, morador de Quijingue e atual presidente da APARC, destacou que a Passagem Molhada contribui para a produção rural, o trafego de veículos e de pessoas, além de garantir o armazenamento de água e ser uma “opção de lazer para as pessoas curtirem com suas famílias, nos finais de semana”. 

História

A obra foi solicitada pela Comissão Intermunicipal de Infraestrutura da Passagem Molhada do Rio Cariacá, que é composta por nove associações dos municípios de Cansanção, Quijingue e Monte Santo. “Antes era só dificuldade, já teve época da gente ficar dois dias sem poder ir na feira, sem ter com atravessar. Agora mudou bastante depois dessa obra, está tudo diferente e melhorou 100%”, celebra Augusto Reis, agricultor familiar de Cansanção

Moradora da comunidade rural Rio do Cariacá, a agricultora Maria Neide Cavalcante afirma que “a gente achava que não era possível barrar um rio, ficamos felizes com a construção, realizamos um sonho e vemos um trabalho bonito que ajudará a nossa comunidade a crescer e gerar renda”, disse empolgada.

Postado em 24 de Abril, às 21:07 por Adileuza Barreto 0 comentários

Mais uma etapa de detonação de rochas na BR-116 em Antonio Cardoso

A VIABAHIA Concessionária de Rodovias S/A informa que a nona etapa de detonação de rochas, que acontece na região de Antônio Cardoso, na altura do Km 448,250 m da BR-116, está programada para AMANHÃ (25/04).

A operação está prevista para iniciar às 15h, com interdição total da rodovia por aproximadamente uma hora. Equipes da VIABAHIA e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estarão a postos e alinhadas para garantir a segurança aos usuários. Informações em tempo real serão fornecidas no Twitter® oficial www.twitter.com/viabahia_sa.

A VIABAHIA solicita aos usuários que fiquem atentos à sinalização existente no local.

Serviços aos usuários

A concessionária atende a chamados através dos telefones 0800-6000-324 para a BR-324 - rodovia Eng° Vasco Filho e 0800-6000-116 para a BR-116 - rodovia Santos Dumont, que recebem chamadas também através de aparelho celular. Ao longo das rodovias há Bases dos Serviços de Atendimento aos Usuários (SAUs), que estão equipadas com banheiros femininos e masculinos e banheiros para portadores de necessidades especiais.

Trechos:

BR-324 - rodovia Eng° Vasco Filho (Salvador – Feira de Santana) – 113,2 Km: importante interligação estadual, que atravessa a região de alta densidade demográfica. Salvador e Feira de Santana são fortes polos de atração de viagens de veículos de passeio.

BR-116 - rodovia Santos Dumont (Feira de Santana – Divisa BA/MG) – 554,1 km: caracteriza-se pelo intenso tráfego de veículos comerciais, exercendo um papel de eixo de integração norte-sul do país, interligando a região Nordeste às regiões Sul e Sudeste.

Postado em 24 de Abril, às 21:00 por Adileuza Barreto 0 comentários

Terminam no dia (25) as inscrições para o Programa Partiu Estágio do Reforço Escolar

As inscrições para o programa Partiu Estágio do Reforço Escolar terminam nesta quinta-feira (25). São ofertadas 4.390 vagas aos universitários dos cursos de Educação Física, Letras Vernáculas e Matemática que irão atuar no reforço escolar para estudantes da rede estadual de ensino. A novidade para este edital é que poderão se inscrever estudantes de cursos presenciais e na modalidade EAD.As inscrições podem ser feitas no Portal da Eduação (www.educacao.ba.gov.br).

Para participar do programa, é necessário que o candidato tenha idade mínima de 16 anos e que tenha cumprido mais de 50% da graduação. Podem participar estudantes universitários residentes na Bahia e que estejam regularmente matriculados em cursos presenciais e EAD de instituições estaduais, federais e privadas com sede/pólo no estado. Alunos de cursos presenciais poderão concorrer a vagas ofertadas nas cidades onde residem ou estudam. Já estudantes de cursos EAD apenas poderão se candidatar a vagas alocadas na cidade onde moram.

O cadastro de cada candidato irá compor um banco, que terá validade de seis meses, do qual sairão as convocações dos novos estagiários do Estado. Candidatos que estejam participando pela primeira vez devem estar atentos sobre o processo de inscrição. Inicialmente, é preciso acessar o site do Partiu Estágio, através do link no Portal da Educação, e criar uma conta, informando CPF, nome, data de nascimento e e-mail válido. O sistema enviará automaticamente para o e-mail cadastrado os dados para acesso ao sistema de inscrição. 

De posse dos dados para acesso, o candidato deverá preencher os dados cadastrais no site de inscrição e, posteriormente, selecionar seu curso e o turno das aulas, além do município que estuda ou reside. Caso já tenha se inscrito em editais anteriores, o candidato deve acessar sua conta já existente e realizar o mesmo procedimento. Quem já participou do Partiu Estágio durante período de um ano não poderá se inscrever novamente, como previsto em edital. A lista completa das oportunidades de estágio na rede estadual estará disponível no sistema de inscrição do Partiu Estágio.

Sobre o programa - Lançado em abril de 2017, o Partiu Estágio é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições com sede na Bahia e que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Do percentual de vagas ofertado em cada edital, 10% são direcionados para portadores de deficiência física, como o previsto pela Lei 11.788/2008.

O contrato de estágio tem duração de um ano, sem possibilidade de prorrogação, exceto quando o estudante seja deficiente físico. A carga horária é composta de quatro horas diárias de atividades supervisionadas, chegando a 20 horas semanais, distribuídas de acordo com a necessidade da Administração Pública. Além da bolsa-estágio, os universitários terão direito a auxílio-transporte e 30 dias de recesso remunerado, proporcionais. Desde seu lançamento, o programa já contratou mais de seis mil estagiários para atuarem no serviço público.

Postado em 24 de Abril, às 20:56 por Adileuza Barreto 0 comentários

Bahia gera 2.569 postos de trabalho em março e lidera o Nordeste

De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia – SEI, a Bahia gerou 2.569 postos de trabalho com carteira assinada em março de 2019. O resultado decorre da diferença entre 46.742 admissões e 44.173 desligamentos.

“O resultado é reflexo das políticas públicas adotadas pelo Governo do Estado, na indução do desenvolvimento, com a realização de importantes obras em todo o território baiano, com a construção de estradas, hospitais, escolas, sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, dentre tantas outras. Vale registrar que a Bahia foi o único estado da região Nordeste que apresentou saldo positivo neste mês de março e no acumulado do ano, com um resultado que nos coloca entre os três primeiros estados do país na geração de emprego com carteira assinada em março”, destacou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

Todos os outros estados da região Nordeste apresentaram desempenho negativo em março: Alagoas (-9.636 postos), Pernambuco (-6.286 postos), Ceará (-4.638 postos), Rio Grande do Norte (-2.033 postos), Sergipe (-1.150 postos), Paraíba (-919 postos), Maranhão (-830 postos) e Piauí (-805 postos).

No acumulado do ano, o saldo totalizado foi positivo (+11.179 postos). Sete setores de atividade registraram saldos positivos: Construção Civil (+5.501 postos), Serviços (+4.649 postos), Indústria de Transformação (+1.779 postos), Agropecuária (+1.499 postos), Administração Pública (+557 postos), Extrativa Mineral (+229 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (+96 postos).

Postado em 24 de Abril, às 20:53 por Adileuza Barreto 0 comentários

Começa em todo país o mês de Vacinação dos Povos Indígenas

O Ministério da Saúde lança nesta quarta-feira (24) a 13ª edição do Mês da Vacinação dos Povos Indígenas (MVPI) 2019 que, neste ano, integra a Semana Mundial de Vacinação, coordenada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) em diversos países da América Latina.

A ação, que acontece no período de 20 de abril a 19 de maio, é uma estratégia utilizada pelo Ministério da Saúde para intensificar a vacinação em áreas indígenas visando a melhora da cobertura vacinal, principalmente em áreas de difícil acesso geográfico. Serão ofertadas 127,3 mil doses de vacinas contra diversas doenças, como hepatite B e A, rubéola, coqueluche, sarampo, caxumba, difteria, febre amarela, influenza e outras infecções bacterianas e virais graves, conforme previstas no Calendário Nacional de Vacinação dos Povos Indígenas.

Postado em 24 de Abril, às 20:49 por Adileuza Barreto 0 comentários

Cantor e compositor Cesar Melo lança videoclipe Conte Até Três

Cantor, compositor, ator e apresentador! Cesar Melo é um artista polivalente e totalmente comprometido com a cultura.

No próximo dia 24, o artista lança o videoclipe Conte até Três - seu primeiro single do álbum autoral Ela é Afro, previsto para ser lançado ainda este ano -, com a participação do ator Lázaro Ramos dividindo o vocal e Isabel Fillardis como protagonista do videoclipe.

 

A canção foi composta como reflexo da vida que, muito corrida, às vezes cansa, estressa, adoece. Cesar divide o vocal com o ator e amigo Lázaro Ramos, que com sua voz serena, deixou a canção ainda mais especial.

“A música tem a energia do Lázaro, a voz dele casou perfeitamente, ele tem a calma e a serenidade que a canção pede, além disso, eu queria ter um registro nosso, da nossa amizade! Esse encontro é um pouco o reflexo das nossas conversas” diz César.

Conte até Três foi gravado no Recreio (RJ), na casa da Isabel Fillardis. A atriz assim que ouviu a música, sugeriu um videoclipe e se propôs a fazer parte.

“César tem um olhar para as pessoas, para a vida, diferente. Ele é danado, me pegou em um dia bem sensível e colocou essa música no meu ouvido, e ela disse tanta coisa pra minha vida que imediatamente as lágrimas desceram pelo meu rosto. Essa música fala de mim, de momentos que eu vivi e passei. Em seguida falei pra ele: porque você não faz um clipe? (rs) ...“E aqui estamos nós”, diz Isabel Fillardis.

Cesar Melo é formado em Letras e logo após a faculdade, iniciou o curso livre de Teatro.

Na TV, estreou como apresentador do programa “Novo Telecurso 2000” e “Cozinha Brasil”.

Como ator, estão no seu currículo as novelas da TV Globo:Viver a Vida, Lado a Lado, Sangue Bom, Babilônia e a Lei do Amor.

Além da TV, Cesar Melo participou de filmes como “Mare Nostrum”, “Clube dos Anjos” e “Nada a Perder”.

No teatro fez parte de grandes musicais, como “Hair” (2010/2011), o musical da Disney “O Rei Leão” (2013), considerado o musical de maior sucesso no Brasil, “Mudança de Hábito” (2015) e Wicked (2016). Em um destes musicais, começou a compor e não parou mais. Gravou seu primeiro EP “O Agora” em 2017 e em 2019 lança seu primeiro álbum, “Ela é Afro”.

Postado em 24 de Abril, às 20:45 por Adileuza Barreto 0 comentários

UFRB abre inscrição para Especialização em Psicologia, Avaliação e Atenção à Saúde

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abre inscrição para o processo seletivo do Programa de Pós-graduação em Psicologia, Avaliação e Atenção à Saúde, em nível de especialização, destinado a psicólogos. São oferecidas trinta vagas no Campus de Santo Antônio de Jesus.

As inscrições acontecem das 10 horas do dia 23 de abril até às 23h59min do dia 17 de maio e devem ser realizadas exclusivamente pela internet mediante o preenchimento de formulário de inscrição disponível no site www.ufrb.edu.br/ccs. O resultado final será divulgado no dia 22 de julho, no mesmo site.

A especialização será desenvolvida em três semestres, ou seja, 18 meses, com carga horária total de 476 horas, sendo 374 horas, distribuídas em 19 componentes curriculares obrigatórios e 102 horas dedicadas aos componentes de Elaboração de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) I, no 2º semestre e Elaboração de TCC II, no 3º semestre.

São oferecidas trinta vagas, das quais seis são para candidatos auto declarados negros, duas para Pessoas com Deficiência e cinco para Indígenas, Quilombolas e Pessoas Trans, de acordo com Resolução CONAC 033/2018, a qual dispõe sobre o sistema de cotas raciais para o acesso e outras políticas de ações afirmativas para a Permanência de Estudantes Negros, Quilombolas, Indígenas, Pessoas Trans (Transgêneros, Transexuais e Travestis) e Pessoas com Deficiência em todos os cursos de pós-graduação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Para se candidatar a uma vaga no curso de especialização em Psicologia é necessário ser portador de Diploma devidamente registrado ou Certificado de Conclusão do Curso de Psicologia, fornecidos por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Os objetivos do curso de especialização são favorecer o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à investigação e à prática em psicologia, bem como proporcionar espaço para aprofundamentos de visão/postura crítica e reflexiva sobre o fazer em avaliação e atenção à saúde, considerando especificidades do ciclo vital, da natureza dos processos psicológicos diversos (cognitiva, afetiva e comportamental).

É também objetivo da especialização saber os diferentes contextos de atuação em avaliação e atenção à saúde; possibilitar a compreensão e utilização de estratégias de delineamento e coleta de dados diversificados; a implementação de métodos e técnicas de análise de dados avançados, seja de natureza quantitativa e/ou qualitativa.

O estudante deve desenvolver competências e habilidades de redação científica e elaboração de manuscritos/artigos; assim como formar profissionais, em nível de pós-graduação, conscientes do trabalho e das responsabilidades profissionais e sociais da psicologia, com atuação ética implicada na salvaguarda da saúde e direitos humanos de indivíduos e grupos.

Caracterizado pela abordagem de temas centrais para a discussão sobre Psicologia, Avaliação e Atenção à Saúde, busca um diálogo entre os diferentes enfoques na área da especialização com vistas a fortalecer a integração entre teoria e prática, considerando os seus fundamentos e os diferentes contextos de atuação acadêmica e profissional em Psicologia.

Processo Seletivo

O processo seletivo terá duas etapas: 1ª Etapa: prova objetiva de caráter classificatório e eliminatório; e 2ª Etapa: Memorial e Entrevista, de caráter classificatório e eliminatório. 

A prova será realizada no próximo dia 27 de maio, no turno matutino, no CCS, em Santo Antônio de Jesus. 

A segunda etapa (Memorial e Entrevista) será realizada nos dias 06 e 07 de junho, no mesmo local.

Postado em 24 de Abril, às 20:38 por Adileuza Barreto 0 comentários

Obra de professora da UFRB é vencedora da 3ª edição do Prêmio Thomas Skidmore

A primeira edição do livro foi publicada em 2016 pela Edufba e se destacou pelo interesse internacional.A obra “Temores da África: segurança, legislação e população africana na Bahia oitocentista” de autoria da professora Luciana da Cruz Brito, do colegiado de História da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), foi a vencedora do Prêmio Thomas Skidmore 2018. O resultado foi anunciado pela comissão julgadora desta edição e publicado no Diário Oficial da União no último dia 17 de abril.

“Esse prêmio é a celebração de uma importante conquista profissional. Mulheres como eu, a todo o momento, ainda recebem mensagens de desencorajamento à escrita por diversas razões. Seja sob o argumento de que nossa escrita, nossa narrativa e perspectiva da história não é algo importante ou seja ainda sob o argumento que, de tão comprometida com ‘nossos próprios interesses’, não pode obedecer aos protocolos de pesquisa e escrita acadêmica, o que é um equívoco enorme”, destaca a autora, afirmando-se como uma historiadora negra, nascida em Salvador e oriunda das classes trabalhadoras.

Publicada em 2016 pela Editora da Universidade Federal da Bahia (Edufba), “Temores da África: segurança, legislação e população africana na Bahia oitocentista” é uma obra que traça um paralelo entre dois eventos que projetaram sombra duradoura sobre os temas da escravidão e do racismo no século XIX: a lei de abolição do tráfico negreiro de 1831 e a repressão aos africanos libertos, que se dava através da aplicação de leis que tinham por objetivo controlar e punir a população africana da Província.  

“É um livro que faz parte de uma tradição historiográfica preocupada em entender, e chegar o mais perto possível, a realidade de homens e mulheres escravizados e libertos e que viviam sob o estigma da escravidão. Ao mesmo tempo em que reconhecemos a violência, a perseguição, o papel das leis que tinham um impacto na maioria das vezes negativo sob o cotidiano da comunidade africana, também buscamos entender como estas pessoas tinham vontades, planos, projetos políticos, afetividades e também discordâncias”, explica Luciana. “É um livro sobre lutas, sobre relações complexas, busca por autonomia e malabarismos que poderiam (ou não) garantir uma vida livre e autônoma, e digna se possível”, resume.

Do ponto de vista historiográfico, a obra versa a respeito da falta de garantia de direitos negados aos africanos libertos na Bahia imperial e de como eles tensionavam a sociedade escravista para viver melhor e afirmar suas vontades. A análise tem como pano de fundo Salvador, um dos maiores centros urbanos escravistas desde o fim do século XVIII. Para tanto, a autora reconhece como fundamental o trabalho de pesquisa no Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB), que abriga um importante acervo para a história das pessoas negras na Bahia e no Brasil. “Sem o APEB essa pesquisa não seria possível. Portanto, o prêmio reafirma a importância dos nossos arquivos para a pesquisa, escrita e acesso à história do país”, diz.

Luciana Brito é professora adjunta da UFRB desde 2016, vinculada ao Colegiado de História.Outro aspecto que Luciana destaca é o caráter político da premiação. “Em tempos em que vivemos uma disputa pelas narrativas históricas, inclusive relativizando o horror que foi a escravidão e sobre quem se beneficiou dela, o prêmio significa o reconhecimento da importância de uma pesquisa baseada em fontes, fruto de análises muito sofisticadas e complexas, baseadas em debates historiográficos intensos que ocorreram no Brasil e nos Estados Unidos”, defende. “Embora estejamos falando do século XIX no livro, volto a dizer, num momento de disputa pelas narrativas históricas, um prêmio dessa importância que reconheça um trabalho dessa natureza é fundamental”, afirma.

Sobre a autora - Graduada em história pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Luciana realizou mestrado e doutorado na mesma área na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e pela Universidade de São Paulo (USP), respectivamente. Além disso, tem pós-doutorado no departamento de história na City University of New York (CUNY) como bolsista da Andrew W. Mellon Foundation. A autora estuda, particularmente, a área de história da escravidão e abolição nas Américas numa perspectiva transnacional e comparada, com ênfase no Brasil e Estados Unidos.

Desde 2016, Luciana é professora adjunta da UFRB e acredita que a obra, somada a outras tantas escritas por colegas, além das atividades e pesquisas que são levadas a cabo na instituição, reafirmam a qualidade dos profissionais da Universidade, sobretudo do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL). “Todos os dias estamos fazendo trabalho de excelência, com maior ou menor visibilidade, e contribuindo para o avanço científico e intelectual do País. O meu trabalho é um dentre vários que, cotidianamente, reafirmam a importância da UFRB, não só para o Recôncavo baiano, mas para o Brasil”, disse. 

Prêmio Thomas Skidmore - Promovido pelo Arquivo Nacional e a Brazilian Studies Association (BRASA), o prêmio homenageia o brasilianista norte-americano e professor emérito da Brown University. Nessa 3ª edição, a iniciativa acolheu obras publicadas em língua portuguesa entre os anos de 2013 a 2017 sobre a temática da questão racial no Brasil. O tema corresponde à obra clássica de Thomas Skidmore, cujo título é “Preto no Branco: raça e nacionalidade no pensamento brasileiro (1870-1930)”, resultado de um estudo pioneiro realizado nos anos 70.

Como requisitos, as obras concorrentes ao Prêmio Thomas Skidmore também devem apresentar conteúdo autoral e de interesse internacional. 24 tiveram inscrição validada em 2018. O livro escolhido será republicado nos Estados Unidos, com recursos pagos pela BRASA. Para menção honrosa foram selecionados os livros “Constitucionalismo brasileiro e o Atlântico negro: a experiência constituinte de 1823 diante da Revolução Haitiana”, de autoria de Marcos V. Lustosa Queiroz, e “Água de barrela”, de autoria de Eliana Alves Cruz.

Postado em 24 de Abril, às 20:35 por Adileuza Barreto 0 comentários

Próximo








Enquetes


Categorias

Áudios Cidades Colunas Educação Entretenimento Esportes Mensagens PodCast Polícia Política Publicidade Saúde Tempo

Rede Criativa

Mídia Notícias Rádio Hoje Brasil Repórter Hoje

Cidades

Amargosa Baixo Sul Brejões Elísio Medrado Itatim Laje Milagres Piemonte do Paraguaçú Recôncavo Baiano Salvador e RMS Santo Antonio de Jesus São Miguel das Matas Ubaíra Vale do Jiquiriçá Varzedo Vitória da Conquista e Sudoeste
Anunciar | Você Repórter | Termos de Uso | Contato | Expediente
©Copyright - Criativa On Line - Rede Criativa de Comunicação
A Força da Comunicação na Internet! 25/04/2019 12:03