Notícias

Secretaria da Educação do Estado convoca aprovados em seleção REDA para diferentes funções

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia está convocando os candidatos aprovados nos processos seletivos realizados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA).

Nesta quinta-feira (19), foram publicados editais no Diário Oficial do Estado (DO) para diferentes funções: técnico de nível médio/ mediador do Ensino Médio por Intermediação Tecnológica (EMITEC), professor da Educação Básica (substituto), professor da Educação Básica e Básica do Campo, preceptor de Estágio de Enfermagem e pessoal para a Educação Inclusiva, nas funções de: Técnico de Atendimento Educacional Especializado (Técnico AEE), Tradutor/intérprete de LIBRAS.  
 
A orientação é para que os aprovados e convocados compareçam, imediatamente, ao Núcleo Territorial de Educação (NTE) para os quais foram selecionados. No caso da Região Metropolitana de Salvador, os convocados deverão comparecer à sede da Secretaria da Educação do Estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), sala 138, para a apresentação dos documentos necessários à contratação.

Os editais de convocação podem ser conferidos no Portal da Educação: http://institucional.educacao.ba.gov.br/selecaoconcursos
 
Agente de portaria – A Secretaria da Educação do Estado também divulgou, no Diário Oficial, desta quinta-feira (19), a lista dos candidatos classificados e desclassificados para a função de agente de portaria. Os mesmos terão dois dias úteis subsequentes à publicação no DO para realizar a interposição dos recursos.

A ação pode ser feita via internet, através do endereço eletrônico: [email protected], ou por meio do Setor de Protocolo da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, localizada na Avenida 5 , nº 550, Superintendência de Recursos Humanos da Educação – SUDEPE/DIPES, 1º andar, sala 123, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Após a homologação do resultado final, os candidatos aprovados para agente de portaria serão convocados conforme distribuição de vagas, por meio de edital a ser publicado no DOE.

Os critérios seguem segundo a opção de função temporária por Núcleo Territorial da Educação (NTE), unidade escolar e município observando rigorosamente a ordem de classificação final do Processo Seletivo Simplificado (lista de ampla concorrência, lista de candidatos negros e lista de candidatos com deficiência).

Postado em 20 de Abril, às 11:34 por Cristóvão Guimarães 0 comentários

Livro “Um século de secas: por que as políticas hídricas não transformaram o Semiárido brasileiro?”

A obra “Um século de secas: por que as políticas hídricas não transformaram o Semiárido brasileiro?” é um relato crítico e analítico da história de mais de 100 anos de políticas hídricas implementadas na região semiárida brasileira.

A abrangência temporal da pesquisa, bem como das instituições analisadas, possibilitaram uma visão ampla dos fatores comuns às ações de mitigação dos impactos da seca durante o período.

Por que as inúmeras políticas implementadas na área semiárida do Brasil, durante mais de um século, não trouxeram mudanças significativas para a região? Qual o motivo de o fenômeno continuar tomando proporções de desastre natural, causando prejuízos generalizados à economia?

Por que obras intensamente propaladas como soluções para a seca (açudagem, irrigação, perfuração de poços, Projeto de Integração do Rio São Francisco, etc) não modificaram ou talvez não alterem o cenário socioeconômico da região? Em “Um século de secas”, os autores buscaram na história explicações para os fatores predominantes à tradicional inefetividade das ações de mitigação dos impactos do fenômeno.

Além de oferecerem uma compreensão crítica e abrangente sobre a área semiárida do Brasil, no passado e no presente, apontam caminhos e traçam estratégias político-institucionais para promover a gestão sustentável da seca, no contexto de possíveis mudanças climáticas.

A partir de um amplo levantamento documental, associado a dados climáticos, meteorológicos e séries históricas temporais, os autores descrevem os vários eventos de seca ocorridos no período, relacionando-os com as ações políticas lançadas como capacidade de resposta governamental para atenuar as consequências do fenômeno climático sobre a população mais vulnerável.

Postado em 20 de Abril, às 11:16 por Cristóvão Guimarães 0 comentários

O papel do educador diante da inversão de valores na atualiadade

Educar tem sido missão cada vez mais difícil nos dias atuais. Não só pelos muitos recursos digitais e tecnológicos que parecem ‘roubar’ a infância das crianças, como pelos comportamentos expostos na mídia e em redes sociais que as hipnotizam com conteúdos que estimulam o consumismo, o desperdício e as ‘trolagens’ entre as pessoas.

O mundo virtual vem progressivamente confundindo seus limites com os do mundo real no cotidiano de crianças e adolescentes.

O celular e a internet têm mudado a forma de se relacionar com a família, os amigos e os professores. Como convencer uma criança de 5, 6 anos, por exemplo, de que determinado comportamento é errado quando ela assiste na internet adultos adotando o mesmo comportamento como se fosse algo legal? E, pior, o tal ‘adulto’ ainda é idolatrado e muitas vezes detém boa posição social.

Essa inversão de valores chega às escolas, interfere diretamente no comportamento das crianças em sala de aula e, consequentemente, na relação que esse aluno tem com os demais colegas e com seus educadores.

O professor, que detém autoridade, vem enfrentando cada vez mais dificuldades para impor disciplina e respeito e começa a lidar com sérios problemas, como o aumento da agressividade infantil, a transgressão de regras e a violação dos direitos alheios, entre outras questões.

Diante de tal situação, como o professor deve agir para evitar a disseminação de atitudes agressivas e sem limites, passando do âmbito individual de cada aluno para o coletivo?

É verdade que sempre houve situações-problema envolvendo alunos em sala de aula, mas a questão vem tomando dimensões assustadoras. Primeiro, é preciso entender o porquê de tais comportamentos.

A mídia e as redes sociais são parte do problema, mas eles podem ter origem também na falta ou fragilidade de referências morais e afeto, transtornos familiares como violência doméstica ou dificuldade dos cuidadores em estabelecer limites e regras; além de conflitos emocionais, barreiras sócio-econômicas ou até distúrbios cognitivos ou mentais.

Por isso, a forma como o educador lida com os conflitos tem papel crucial na formação emocional da criança e do adolescente.

Se o professor grita, bate-boca ou resolve as adversidades de forma agressiva, o aluno tende a reproduzir tais atitudes. Não é deste modo que ele exercerá a sua autoridade. Não mais.

Mas, diante da multiplicidade de causas e consequências, é insensato buscar receitas mágicas. O que deve ser buscado gradualmente é a construção e o fortalecimento da confiança e do respeito por meio do diálogo.

É difícil? Muito! No entanto, é preciso se aproximar do aluno, adotando uma postura calma, porém assertiva, dando a ele a possibilidade de expressar seus sentimentos, seus problemas e falar sobre seus atos.

Não ignore o que a criança sente ou o que desencadeou aquela atitude agressiva ou desrespeitosa. Estimular o diálogo é dar a ela a oportunidade de se explicar e se retratar, sempre valorizando seus esforços positivos, como manifestações de afeto e senso de responsabilidade; e potencializando a autoestima que o encoraja a superar barreiras.

Os debates em grupo também têm seu valor. Promover atividades e brincadeiras criativas que permitam a interação e a reflexão em torno de situações e comportamentos também ajudam a desenvolver a consciência do coletivo sobre limites e boas condutas, além de promover o envolvimento das crianças e jovens na construção de soluções. 

A relação escola-família também é de suma importância. De nada adianta a escola reunir esforços para ‘civilizar’ uma criança se a família não trilhar o mesmo caminho.

Por isso, todos os esforços devem ser feitos para aproximar a escola dos pais, a fim de que todos os problemas envolvendo o aluno possam ser debatidos em conjunto na busca de melhorias, não só do desempenho escolar, mas também em torno de comportamentos e hábitos, para que se construa assim a inteligência emocional tão necessária ao convívio em sociedade.

Os educadores têm uma missão importantíssima e fundamental na construção de um mundo mais solidário. Não só em casa, mas também na escola, se aprendem valores, por meio da convivência entre as crianças – já tão diferentes entre si –, e os adultos.

É preciso valorizar a atuação do professor enquanto agente transformador, peça indispensável no desenvolvimento emocional e cognitivo dos alunos.

Para tal, é necessário que a Escola e o Poder Público se comprometam a dar a eles condições adequadas de trabalho para que a complexidade de sua profissão e os desafios a que são submetidos diariamente não desmotivem esses educadores no pleno desenvolvimento do processo educativo. 

*Luis Antonio Namura Poblacion é Presidente da Planneta (www.planneta.com.br); Engenheiro Eletrônico pelo ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica; com especialização em Marketing e Administração de Empresas e MBA em Franchising pela Louisiana State University e Hamburguer University – Mc Donald´s. Atua na área de educação há mais de 35 anos.

Postado em 20 de Abril, às 10:39 por Cristóvão Guimarães 0 comentários

Professores e profissionais da Educação podem se inscrever gratuitamente no Virtual Educa Internacional Bahia 2018

Os professores e profissionais de Educação das redes estadual, municipal e federal do Estado da Bahia podem se inscrever gratuitamente para participar do XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um dos maiores encontros internacionais de tecnologia aplicada à Educação da América Latina, que será realizado, pela primeira vez na Bahia, entre os dias 4 a 8 de junho.

As inscrições devem ser feitas até o dia 20 de maio, através do link <virtualeduca.org/bahia2018/inscripcion/> ou pelo Portal da Educação: www.educacao.ba.gov.br
 
Também seguem abertas, até o dia 30 de abril, as inscrições para que educadores de todo o Brasil possam apresentar trabalhos durante o Virtual Educa Bahia 2018.

A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão científica internacional e divulgada no dia 7 de maio. A inscrição é gratuita e deve ser realizada on-line, no endereço <virtualeduca.org/encuentros/bahia2018/PT/ponencias> ou pelo Portal da Educação.

Após a comunicação dos trabalhos selecionados para a apresentação no evento, os autores terão um prazo para confirmar a participação, bem como para solicitar revisões de possíveis erros. O resultado final dos selecionados será publicado no dia 11 de maio e a programação geral do encontro, no dia 25 de maio.
 
O Virtual Educa reunirá grandes personalidades da área de Educação do Brasil, da América Latina, Caribe e da África e terá como tema “Educação para transformar a sociedade em um espaço multicultural único”.

As atividades acontecerão no novo Centro de Formação e Eventos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, a ser inaugurado no antigo ICEIA, no bairro do Barbalho, em Salvador.

Paralelamente, o Virtual Educa envolverá o Fórum Global de Educação e Inovação "Cooperação Sul-Sul" voltado para representantes governamentais e de instituições internacionais, a ser realizado no Porto de Salvador.
 
Sustentabilidade - O Virtual Educa opera por meio de uma aliança de organizações internacionais, agências multilaterais e instituições públicas e privadas, reunindo os setores público, empresarial, acadêmico e da sociedade civil.

A 19ª edição do Encontro marcará o lançamento do programa Think Blue, do Banco Mundial, que visa estabelecer um marco mundial sobre a economia do mar, com foco na sustentabilidade e na economia sustentável. 

Postado em 20 de Abril, às 10:00 por Cristóvão Guimarães 0 comentários

Obrigatoriedade do registro do artista é destaque no programa Soterópolis

O Soterópolis desta quinta-feira (19), na TVE Bahia, destaca a polêmica envolvendo o registro profissional do artista (DRT).

No próximo dia 26, o Supremo Tribunal Federal (STF) votará sobre a obrigatoriedade do documento para o exercício de profissões de artistas e técnicos em espetáculos de diversões.

O programa vai exibir uma conversa com o ator e presidente do Sindicato dos Artistas e Técnicos (SATED/BA), Fernando Marinho, que comenta como a classe artística baiana vê a ação que, se aprovada, iguala artistas profissionais e amadores.

Em celebração ao dia o índio, o Soterópolis conversa também com a professora Marilene Ribeiro e com o coordenador Carlinhos Tupinambá, da coordenação indígena da Secretaria de Educação do Estado, sobre o resgate de parte da cultura através do ensino da língua indígena na educação do país.

O programa vai ao ar nesta quinta-feira, às 21h15, no canal 10.1, com reprises na sexta-feira (20), às 18h30, e no domingo (22), às 19h30. Na TV Brasil, o programa é exibido às sextas-feiras, sempre às 23h15.

Postado em 20 de Abril, às 08:02 por Cristóvão Guimarães 0 comentários

Estado inscreve para seleção REDA de professor da Educação Profissional para a capital e o interior

A Secretaria da Educação do Estado está com inscrições abertas, até o dia 23 de abril, para o processo seletivo de professores para a Educação Profissional e Tecnológica, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA). São ofertadas 130 vagas, sendo 100 para professores que irão atuar no Eixo Tecnológico de Produção Cultural e Design e 30 para o Eixo Recursos Naturais. 
 
A oferta para o Eixo Recursos Naturais é para professores que irão atuar no curso técnico de nível médio em Agroecologia, nos Centros Estaduais (CEEP) e Territoriais (CETEP) de Educação Profissional e anexos, localizados nos municípios de Itaitê, Wagner, Conceição do Coité, Itaberaba, Barra do Choça e Conceição do Almeida. Estes cursos são ofertados em regime de alternância, por meio do qual os alunos ficam parte do período interno na unidade escolar e parte nas suas comunidades.
 
Já os professores do Eixo Tecnológico de Produção Cultural e Designer irão atuar nos cursos de Canto, Cenografia, Composição e Arranjo, Comunicação Visual, Conservação e Restauro, Dança, Figurino Cênico, Instrumento Musical, Multimídia, Processos Fotográficos, Produção de Áudio e Vídeo, Publicidade, Regência e Teatro, ofertados tanto nos Centos de Educação Profissional quanto no projeto Escolas Culturais, em vários Territórios de Identidade da Bahia.
 
Os interessados devem possuir diploma devidamente registrado de conclusão de curso de nível superior em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação, de acordo com a função e/ou área de atuação. O processo seletivo simplificado será constituído de uma única etapa - avaliação curricular -, de caráter eliminatório e classificatório.

O resultado provisório dos candidatos habilitados será divulgado no dia 25 abril, no Portal da Educação, com prazo para recursos abertos nos dias 26 e 27 de abril. A relação definitiva dos candidatos habilitados será divulgada no dia 4 de maio, para que encaminhem a documentação de comprovação da avaliação curricular

Postado em 17 de Abril, às 17:15 por Cristóvão Guimarães 0 comentários

UNINASSAU debate globalização e as sociedades pós-modernas

A Faculdade UNINASSAU Lauro de Freitas promove nesta terça-feira (17) mesa redonda sobre Educação, Multiculturalismo e Relações Étnico raciais. O encontro acontece às 17h, na sede da unidade, bloco 01.
 
Na oportunidade será discutido o multiculturalismo, pluralismo cultural, a convivência pacífica de várias culturas em um mesmo ambiente. É um encontro relacionado com a globalização e as sociedades pós-modernas.
 
De acordo com a coordenadora dos cursos superiores de Tecnologias, Suzane Soares, o evento é importante para formação humanística dos discentes dos cursos envolvidos. "A formação humanística ainda tinha um grande peso na vida das pessoas que possuíam razoável acesso à educação formal, ela é importante para o desenvolvimento do ser crítico, reflexivo, atuante e justo do ser humano", citou.
 
O evento é gratuito e aberto ao público. Os interessados devem se inscrever através do site.
 
A Faculdade UNINASSAU Lauro de Freitas fica localizada Estrada do Coco, Km 4,5 - CEP: 42700-000, Lauro de Freitas - BA

Postado em 17 de Abril, às 11:57 por Cristóvão Guimarães 0 comentários

UFRB divulga calendário e procedimentos para matrícula web 2018.1

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Superintendência de Regulação e Registros Acadêmicos (SURRAC), divulga o calendário e procedimentos para matrícula web 2018.1. Todos os estudantes dos cursos de graduação a partir do segundo semestre letivo devem efetuar a matrícula, por meio do Portal do Discente no Sistema de Gestão das Atividades Acadêmica (SIGAA). Os calouros não participam, uma vez que são automaticamente matriculados em disciplinas do primeiro semestre do curso. Confira as etapas:

1ª etapa – Confirmação pelo estudante via web:

Período: 17/4 a 23/4.

2ª etapa – Ajuste de componentes via web:

Período: 27/4 a 2/5.

Ajuste presencial de inscrição em componentes curriculares nos colegiados dos cursos:

Período: 27/4 a 2/5.

Ordem de solicitação de matrícula - Na matrícula web a ordem de solicitação não é critério de classificação para as vagas ofertadas independentemente da solicitação ter sido realizada no início ou no final do período de matrícula. O que é levado em conta para a classificação é estar semestralizado e o Índice de Rendimento Acadêmico (IRA).

Sabendo que o horário da solicitação, desde que dentro do prazo de matrícula, não influencia na classificação, é importante que os discentes reservem um tempo para fazê-la sem pressa, avaliando as turmas e os horários desejados.

Novidades no SIGAA - Uma das novidades do SIGAA para a matrícula web 2018.1 são botões de filtros que facilitam encontrar as turmas em que o estudante deseja se matricular, ver turmas com reservas, visualizar as turmas da estrutura curricular e buscar turmas abertas. Também está disponível a indicação do campus e da capacidade da turma. É importante verificar a mensagem de confirmação da solicitação. Confira essas e outras novidades no link http://protocolo.ufrb.edu.br/mmo/index.html.

Para mais informações sobre os procedimentos de matrícula no SIGAA, consulte o Tutorial da Matrícula Web e o Manual do Portal do Discente.

Postado em 17 de Abril, às 02:08 por Ivanildo Bastos 0 comentários

Secretaria da Educação do Estado realiza seleção REDA para professor da Educação Profissional

Com a política de ampliação na oferta de cursos da Educação Profissional e Tecnológica para o ano letivo de 2018, o Governo do Estado abriu seleção para 100 professores, no Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), com carga horária de 20h, dentro do Eixo Tecnológico de Produção Cultural e Design.

A iniciativa vai preencher as vagas originadas da nova estruturação da rede, que passou a ofertar 14 cursos só neste eixo, o dobro em relação a 2017. As inscrições encerram no dia 23 de abril e podem ser feitas pelo site selecao.ba.gov.br.
 
Os interessados devem possuir diploma devidamente registrado de conclusão de curso de nível superior em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação, de acordo com a função e/ou área de atuação.

O Processo Seletivo Simplificado será constituído de uma única etapa, avaliação curricular, de caráter eliminatório e classificatório. As vagas são disponibilizadas nos Centros de Educação Profissional, em todo o Estado.
 
Os professores vão atuar, entre outras atribuições, em programas estaduais e federais de Educação Profissional, bem como em cursos em regime de alternância.

Também irão participar da elaboração da proposta pedagógica e do plano de desenvolvimento do estabelecimento de ensino, além de elaborar e cumprir plano de trabalho e de aula, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino.
 
O resultado provisório dos candidatos habilitados será divulgado no dia 25 abril, no Portal da Educação, com prazo para recursos abertos nos dias 26 e 27 de abril. A relação definitiva dos candidatos habilitados será divulgada no dia 4 de maio, para que encaminhem a documentação de comprovação da avaliação curricular.
 
Novidade - A partir deste ano, a rede passou a ofertar os seguintes cursos no Eixo Tecnológico de Produção Cultural e Designer: Canto, Cenografia, Composição e Arranjo, Comunicação Visual, Conservação e Restauro, Dança, Figurino Cênico, Instrumento Musical, Multimídia, Processos Fotográficos, Produção de Áudio e Vídeo, Publicidade, Regência e Teatro.

Com isso, a oferta passou de cinco para 16 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), de oito para 23 municípios e de 11 para 18 unidades escolares, sendo 11 dentro do projeto Escolas Culturais.

 Outra novidade é a reformulação do currículo com a redução de carga-horária, tendo em vista que os cursos passam a ser ofertados em um ano, e com a inserção de novas disciplinas, como as de Empreendedorismo e Intervenção Social e Política e Gestão Cultural. 

Convocação – Para a Educação Básica, a Secretaria da Educação está  convocando os candidatos aprovados nos processos seletivos realizados em 2017, pelo REDA, para professores e profissionais da Educação. As convocações acontecem mediante publicações de editais no Diário Oficial do Estado (DO).

Até o momento, a Secretaria já convocou 5.524 educadores. A orientação é para que os aprovados compareçam, imediatamente, ao Núcleo Territorial de Educação (NTE) para os quais foram convocados, para os procedimentos necessários à contratação e encaminhamento às unidades escolares que possuem vaga para assumirem suas funções. Os editais de convocação podem ser conferidos no Portal da Educação:http://institucional.educacao.ba.gov.br/selecaoconcursos

Concurso – Para ampliar o quadro e investir, ainda mais, na carreira do magistério estadual, a Secretaria também realizou o concurso público para 3.760 vagas de professores e coordenadores pedagógicos, em 2018.

O processo está em andamento. A lista dos classificados nas provas objetivas e discursiva foi divulgada no Diário Oficinal de sábado (14). O resultado final será divulgado no dia 12 de junho.

Postado em 16 de Abril, às 15:49 por Cristóvão Guimarães 0 comentários

UCCLA promove VIII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa em Cabo Verde

A UNICV - Universidade de Cabo Verde (sita no Palmarejo, cidade da Praia) vai acolher, de 19 a 21 de abril, a 8.ª edição do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa - evento em torno da língua portuguesa que contribui para o diálogo e o enriquecimento entre os escritores dos diferentes continentes - organizado pela UCCLA e pela Câmara Municipal da Praia.
 
Este encontro tem como tema principal “A Cidade e a Literatura: conexões entre Cidadania, Criatividade e Juventude” e 3 subtemas: “A Literatura e Cidadania”, “A Literatura e Criatividade” e “A Literatura e a Juventude”.
 
Estão já confirmadas as presenças dos seguintes escritores:
- Angola: David Capelenguela;
- Cabo Verde: Fátima Fernandes, Hermínia Curado, Joaquim Arena, Jorge Carlos Fonseca, Jorge Tolentino, Judite Nascimento, Leão Lopes, Manuel Brito Semedo, Natacha Magalhães e Nuno Rebocho; 
- Galiza: Concha Rousia;
- Guiné-Bissau: Tony Tcheka;
- Macau: Weimin Zhang
- Moçambique: Conceição Queiroz; 
- Portugal: Filipa Melo, Inês Barata Raposo e José Carlos Vasconcelos;
- São Tome e Príncipe: Olinda Beja;
- Timor-Leste: Luís Costa
 
Brochura com programa disponível em https://issuu.com/uccla/docs/brochura_online_viii_eelp_cabo_verd
  
De salientar que as anteriores edições decorreram na cidade de Natal (Brasil - 4), em Luanda (Angola - 1) e na cidade da Praia (Cabo Verde - 2). 
 
Já participaram mais de 100 escritores, entre os quais escritores consagrados pelos principais prémios literários das literaturas escritas em Língua Portuguesa - incluindo 5 prémios Camões:

Arménio Vieira, Eduardo Lourenço, João Ubaldo Ribeiro, Pepetela e Mia Couto -, mas também escritoras e escritores de diferentes gerações e tradições literárias.

Postado em 16 de Abril, às 15:46 por Cristóvão Guimarães 0 comentários


UFRB divulga seleção para professor do Centro de Ciências da Saúde

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio do Centro de Ciências da Saúde (CCS), torna pública a abertura das inscrições para dois processos seletivos simplificados com vistas à contratação de professores substitutos e temporários do Centro.

No total, são ofertadas 6 vagas, com regimes de trabalho que vão de 20 a 40 horas semanais.

O Edital Nº 04/2018 oferta cinco vagas para professor substituto nas área de Ciências Básicas da Saúde, Saúde Coletiva e Práticas de Cuidados em Saúde e as inscrições serão realizadas somente via internet.

Já o Edital Nº 05/2018oferta uma vaga para professor temporário em Práticas de Cuidado em Saúde e os interessados devem comparecer das de 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, na sala do Protocolo, localizada no Pavilhão de Aulas, no térreo do CCS.

A taxa  de inscrição é de R$ 60,00. Podem se inscrever somente candidatos brasileiros, natos ou naturalizados, ou estrangeiros com visto permanente, desde que os candidatos não tenham sido professores substitutos em Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) ou que não tenham trabalhado, com contrato temporário, em outro órgão federal, nos últimos 24 meses.

O resultado da seleção será divulgado no âmbito interno do CCS e no site de concursos da UFRB.
 O contrato temporário terá a vigência de 6 meses e/ou coincidirá com a data de término do semestre letivo, não podendo ser inferior a 30 dias e em caso de renovação o mesmo não poderá ultrapassar a vigência de 24 meses.

Postado em 13 de Abril, às 10:08 por Cristóvão Guimarães 0 comentários



Pedidos de isenção da taxa para o ENEM devem ser feitos até domingo

Estudantes da rede estadual de ensino têm até domingo (15) para solicitar a isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) 2018 (veja perfil abaixo). O processo para solicitar isenção de taxa é uma das novidades do exame deste ano e o resultado será divulgado na página do participante no dia 23 de abril. Independente de ter o pedido de isenção aceito, os estudantes que irão fazer o ENEM deverão, obrigatoriamente, se inscrever entre os dias 7 e 18 de maio, no ENEM, pois a aprovação do pedido de isenção não significa que a inscrição está automaticamente realizada.

Quem teve direito à gratuidade no Enem 2017, faltou aos dois dias de aplicação no ano passado e pretende requerer novamente a isenção no ENEM 2018 deverá justificar a ausência no mesmo período e no mesmo sistema da isenção. A relação de documentos aceitos para cada motivo de ausência está listada no edital, no site ENEM 2018 e no Portal do INEP.

Quem tiver o pedido da taxa de isenção negado e quiser entrar com recursos tem o prazo entre 23 e 29 de abril, para apresentar novos documentos. Se o recurso for negado, o candidato ao ENEM 2018 ainda terá a opção de se inscrever, em maio, e pagar a taxa de R$ 82.

Beneficiados – Quatro perfis serão beneficiados pela gratuidade, sendo um deles inédito. Será isento da taxa de inscrição o participante que:

Estiver cursando a última série do Ensino Médio em 2018, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica;
Tiver participado do Encceja 2017, na modalidade do Ensino Médio, na aplicação nacional, para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL), ou exterior, e obtido proficiência que permita certificação na área de conhecimento na qual se inscreveu;
Tiver cursado todo o Ensino Médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e comprovar renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio (Lei nº 12.799/2013);
Declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, e estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) por apresentar renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. O participante que solicitar isenção da taxa de inscrição por estar incluído no CadÚnico deverá informar o seu Número de Identificação Social (NIS), único e válido (Decreto nº 6.135/2007).
Compartilhe:

Postado em 12 de Abril, às 13:12 por Carlos Quintino 0 comentários






Próximo








Enquetes


Categorias

Áudios Cidades Colunas Educação Entretenimento Esportes Polícia Política Publicidade Saúde Tempo

Rede Criativa

Mídia Notícias Rádio Hoje Brasil Repórter Hoje

Cidades

Amargosa Brejões Elísio Medrado Itatim Laje Milagres Recôncavo Salvador Santo Antonio de Jesus São Miguel das Matas Ubaíra Vale do Jiquiriçá Varzedo
Anunciar | Você Repórter | Termos de Uso | Contato | Expediente
©Copyright - Criativa On Line - Rede Criativa de Comunicação
A Força da Comunicação na Internet! 22/04/2018 07:43