Notícias

5 alimentos que você jamais deve comprar no supermercado

Os supermercados são uma das grandes invenções da vida moderna, onde é possível encontrar tudo em um único espaço. É lá que estão todos os alimentos que podem ser consumidos quase na hora e sem uma grande trabalho culinário implicado.

Contudo, é no supermercado que estão também os alimentos processados, industrializados e repletos de sódio, açúcar e gorduras saturadas e trans. Esses alimentos devem ser evitados pelos vários riscos que apresentam para a saúde, mas o seu consumo não precisa ser completamente totalmente da alimentação… isto, claro, se as pessoas optarem pelas versões feitas em casa.

Ao site Buena Vida do El País, o biólogo e nutricionista Juan Revenga garante que o supermercado é o pior local para comprar carne moída, especialmente se já estiver embalada e pronta para levar. “No supermercado você não encontra carne moída sem uma série de aditivos”, diz. O melhor ainda é ir a um açougue e pedir para picar a carne na hora ou comprar uma máquina para que possa fazer em casa.

As embalagens de tomate sem pele também não devem ser compradas, uma vez que cada lata tem aproximadamente o dobro de calorias e gorduras do que o molho feito em casa. Além disso, estas embalagens contêm também grandes quantidades de açúcar, salienta ao jornal a dietista Silvia Romeno, que ressalta a importância de cozinhar o molho em casa com azeite.

Embora as pipocas sejam um dos lanches que mais podem contribuir para a perda de peso, optar pelas de saco é um erro. A diferença nutricional entre as pipocas feitas em casa (em azeite ou óleo de coco e sem açúcar) é completamente diferente das pipocas industrializadas (já feitas ou para colocar no micro-ondas), que contam com grandes quantidades de gordura trans e saturada.

De acordo com os especialistas, os molhos prontos são um verdadeiro veneno. Além de conterem grandes quantidades de açúcar, sal e gorduras, podem ainda conter óleo de palma e aditivos prejudiciais à saúde. Recorrer ao azeite, ervas aromáticas, nozes e castanhas e tomate é o recomendado para fazer um molho em casa bem mais saudável.

E se pensa que as batatas fritas congeladas são uma boa opção por serem ‘apenas’ batatas, engana-se. Esta versão “absorve muito mais óleo para fritar”, o que pode resultar num aumento calórico de 500 calorias por 100 gramas, diz Silvia Romero. Embora a ingestão de batatas fritas deva sempre ser evitada, fazer em casa com batatas ao natural é melhor.

Postado em 27 de Maio, às 15:39 por Redação Criativa 0 comentários

Por que tossimos e como prevení-la?

Tosse é um reflexo natural do sistema respiratório e decorre de qualquer processo irritativo. Dra. Maura Neves, otorrinolaringologista da Clinica MedPrimus, explica que a função da tosse é remover agentes irritantes, limpar a via respiratória e defender o organismo de agentes nocivos inalados.

Além disso, a tosse serve de alerta para uma eventual infecção ou alergia.

“A tosse pode ser seca ou produtiva. A diferença entre elas é a presença de muco. Na tosse produtiva há presença de secreção, que pode ser de pequena a grande quantidade, de clara a mais escura e até com laivos de sangue. A cor da secreção é um dos indicativos da causa.” Explica.

Secreção clara ou transparente está associada a alergias ou gripes e resfriados. Já a secreção amarelada ou esverdeada sugere infecção. A presença de secreção sanguinolenta está associada à pneumonia, bronquite ou situações mais graves como tuberculose e câncer.

Já a tosse seca não tem secreção e muitas vezes está associada àquela “coceira” na garganta. Nestes casos a tosse causa irritação na garganta. E quanto mais irritação mais tosse, e quanto mais tosse mais irritação.

A médica explica que a tosse também é dividida por sua duração. Uma tosse aguda, habitualmente, é de curta duração. Muitas vezes apresenta outros sintomas como obstrução nasal, dor de garganta, rouquidão e etc. Já os sintomas crônicos duram mais de 8 semanas e tem causas diversas.

Se a tosse persiste um médico deve ser consultado. O diagnóstico da causa é fundamental para guiar o tratamento correto. O diagnóstico diferencial é realizado através de exame, história clínica, exames laboratoriais e de imagem.

Para amenizar os sintomas Dra. Maura Neves listou algumas medidas práticas e eficientes:

Hidratação: beber água ajuda na fluidificação de secreções e hidratação de toda a via área.

Lavagem nasal com soro fisiológico: rinites e sinusites são causas muito frequente de tosse. Manter uma boa respiração nasal sem acúmulo de secreções ajuda a controlar a tosse;

Evite comer muito antes de deitar;

Evite café, chá preto ou mate, chocolate e alimentos condimentados: eles podem piorar sintomas de refluxo;

Umidificador ou vaporizador nos dias mais secos ajudam a aumentar a umidade do ar;

Mantenha o ambiente ventilado.

Sobre Dra. Maura Neves

Graduação em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – USP

Residência médica em Otorrinolaringologia no Hospital das Clinicas Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – USP

Fellowship em Cirurgia Endoscópica Nasal no Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – USP

Título de especialista pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial – ABORL-CCF

Doutorado pelo Departamento de Otorrinolaringologia do Hospital das Clinicas Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – USP

Postado em 26 de Maio, às 21:22 por Redação Criativa 0 comentários

5 sintomas de que você tem excesso de gordura no fígado

A esteatose hepática, comumente conhecida como gordura no fígado, é uma doença cada vez mais comum e que já atinge 25% da população mundial. A doença está relacionada à obesidade, diabetes e maus hábitos de saúde.

Existem vários graus de gordura no fígado, de acordo com o médico e fisioterapeuta Juliano Pimentel, autor do livro “Viva Melhor Sem Glúten”. Quando não tratada, a esteatose pode evoluir para problemas ainda mais graves de saúde, como a cirrose, onde ocorre a falência total do órgão. Quando o fígado está com mais de 10% do seu peso em gordura, diz-se que o fígado está acumulando gordura, e sua cor muda de vermelho para amarelado. Este é um sintoma não visível, mas existem muitos outros que podem ser indicativos do problema:

– Cansaço excessivo, fadiga, e alterações do sono;

– Perda ou ganho de peso ou mudanças no apetite;

– Fraqueza nos músculos;

– Dor na parte superior ou central do abdômen;

– Náusea e vômitos;

– Confusão mental (mau julgamento ou dificuldade de concentração);

– Olhos amarelos e pele amarelada (icterícia);

– Manchas escuras na pele do pescoço e braços;

– Alterações da coagulação;

– Tremores;

– Inchaço nas partes do corpo inferiores;

– Fezes sem cor (brancas);

– Níveis elevados de enzimas hepáticas;

– Níveis elevados de insulina;

– Níveis elevados de triglicérides.

Para diagnosticar o problema, é necessário consultar um médico, para que ele possa fazer exames como ultrassom abdominal, TGO, TGP e biópsia.

Postado em 25 de Maio, às 20:44 por Redação Criativa 0 comentários

Conheça sintomas do Câncer de pâncreas e saiba como se prevenir

O pâncreas é uma glândula localizada na região superior do abdômen, atrás do estômago, e é um dos órgãos que integram o sistema digestivo. Ele é composto por três partes – cabeça, corpo e cauda – e possui duas funções distintas: a função endócrina, responsável pela produção de insulina (hormônio que controla o nível de glicemia no sangue) e a função exócrina, responsável pela produção de enzimas envolvidas na digestão e absorção dos alimentos.
A enfermidade atinge praticamente na mesma proporção homens e mulheres, em geral, com idade superior a 50 anos, especialmente entre os 65 e os 80 anos.
Na maioria dos casos, não é possível determinar a causa da doença, mas o fator de risco mais importante é o cigarro. Os outros são: pancreatite crônica, aplicações anteriores de radioterapia, diabetes mellitus tipo 2, exposição prolongada a pesticidas e produtos químicos, certas síndromes genéticas e cirurgias para tratamento de úlceras ou retirada da vesícula biliar.
Os tipos mais comuns da doença são o adenocarcinoma (o mais frequente e mais relacionado com o tabagismo) e os tumores das células das ilhotas pancreáticas.

Sintomas

O câncer de pâncreas é uma doença que demora a apresentar sintomas, o que retarda e dificulta o diagnóstico. Quando eles aparecem, os mais comuns são: dor abdominal de leve ou forte intensidade que se irradia para as costas, icterícia, perda de apetite e de peso, cansaço, anemia, diabetes tipo 2.
Infelizmente, alguns desses sinais podem indicar que as células malignas já invadiram a corrente sanguínea e afetaram órgãos vizinhos. Nesses casos, a doença pode estar numa fase mais avançada e é mais resistente ao tratamento.

Diagnóstico

O diagnóstico leva em conta os sinais e sintomas e o resultado de exames de laboratório (especialmente a dosagem de uma proteína no sangue) e de imagem, tais como ultrassonografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética e a colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPER). Há casos em que é preciso realizar uma biópsia para fechar o diagnóstico.
Prevenção
Não fumar e evitar o excesso de álcool são medidas importantes para a prevenção do câncer de pâncreas. Pessoas portadoras de outros fatores de risco, como pancreatite crônica, diabetes, histórico familiar ou submetidas a certas cirurgias de estômago, duodeno e vesícula devem manter o acompanhamento médico regular.

Tratamento

O tratamento do câncer de pâncreas pressupõe, sempre que possível, uma cirurgia para a retirada completa do tumor. Quando já existem focos de metástases prejudicando o funcionamento de outros órgãos, ela pode ser realizada para reduzir os sintomas adversos causados pela doença. Outro recurso paliativo é a colocação de endopróteses.
Quimioterapia, associada ou não à radioterapia, é um recurso terapêutico para evitar recidivas do tumor, controle da doença ou alívio dos sintomas.
Câncer pâncreas é uma doença grave. As características dos sintomas que, no início, são inespecíficos e podem ser confundidos com manifestações de outras enfermidades, muitas vezes, inviabilizam o diagnóstico precoce, fundamental para o sucesso do tratamento.

Recomendações

* Dor em faixa na parte superior do abdômen, que se irradia para as costas requer atendimento médico para ser avaliada;
* Adote hábitos saudáveis de vida. Especialmente, não fume e evite excessos com o álcool, os dois fatores de risco mais importantes para o aparecimento do câncer de pâncreas.
Postado em 19 de Maio, às 21:11 por Redação Criativa 0 comentários

Saiba quais são os 10 maiores fatores causadores de Câncer

Aquela doença". Assim era chamado o câncer, numa época em que as pessoas o temiam a tal ponto de evitar pronunciar o nome. Hoje há várias formas de tratar o grave problema e alcançar a cura - desde alternativas químicas até as mais naturais. Há vários fatores que causam o desenvolvimento do câncer: Alimentação, Radiações químicas, Exposição excessiva ao sol, Substâncias tóxicas, Genética. Por incrível que pareça, muita gente acaba desenvolvendo tumores por falta de informação. Há pelo menos 10 coisas que a maioria das pessoas fazem regularmente e que são perigosas à nossa saúde, predispondo-nos ao câncer.

Veja:

1. Consumo de carne e leite modificados/industrializados

Infelizmente nos dias de hoje os animais da fazenda são cheios de hormônios artificiais.

 

O que isso significa?

Que estamos mais propensos à inflamação, depressão, câncer e muitas outras doenças quando consumimos a carne e o leite adulterado.

2. Mamografia, raio-X e outros exames

Como sabemos, esses tipos de exames emitem muita radiação, o que causa câncer. Às vezes precisamos fazer esses exames, por suspeitas de doenças. Mas, quando menos fizermos, melhor para nossa saúde. Só para você ter uma ideia dos riscos: segundo pesquisa publicada no periódico British Medical Journal, fazer exame de mamografia como prevenção ao câncer de mama pode acabar aumentando os riscos para o tumor em algumas mulheres.

De acordo com o estudo, a exposição à radiação pode elevar em até cinco vezes as chances de mulheres jovens com uma mutação nos genes BRCA1 e BRCA2 – responsáveis por controlar a supressão dos cânceres de mama e de ovário – desenvolverem a doença. O que fazer? Substituir estes exames por outros que não oferecem riscos.

3. Desodorantes com alumínio

Este tipo de produto causa câncer de mama, por isso aconselhamos o uso de desodorantes caseiros ou orgânicos.

4. Cosméticos tóxicos

Você sabia que boa parte dos cosméticos são carregados de substâncias derivadas do petróleo? Aplicar esses produtos em nossa pele faz com que muitas dessas substâncias penetrem facilmente na corrente sanguínea, o que é um gatilho para o desenvolvimento de células cancerosas. Busque cosméticos naturais e orgânicos ou caseiros.

5. Soja e milho transgênicos

Quase toda a soja na América é geneticamente modificada, o que significa que o leite de soja e outros produtos de soja também são produtos transgênicos. Além disso, o leite de soja aumenta os níveis de estrogênio no corpo. Então deixe de consumir leite de soja e o substitua por outro leite vegetal. Há leites muito bons, como o de vaca, arroz ou aveia.

6. Os adoçantes artificiais

São todos ruins, mas evite principalmente o aspartame. Se você não sabe, o aspartame é feito a partir do resíduo de bactérias E. coli. Para ser mais exato, é feito a partir de bactérias presentes nas nossas fezes. E o pior: a empresa responsável pela patente do aspartame revela que nesse adoçante há bactérias E. coli geneticamente modificadas.

Há outros motivos para não usá-lo, como ser rapidamente decomposto em outras substâncias que entram na corrente sanguínea. Essas substâncias são metabolizadas e um desses produtos que surgem no processo é o formaldeído, material usado para embalsamar cadáveres. Evite o aspartame o máximo que puder. Substitua-o por mel ou estévia.

7. Água fluoretada

O flúor é muito prejudicial, isso já está provado. Ele enfraquece ossos, o sistema imunitário e até a inteligência. Sendo assim, procure beber água pura, sem flúor.

 

8. Medicamentos

Evite o consumo desnecessário de medicamentos sintéticos. Alguns problemas de saúde podem ser tratados com receitas caseiras e naturais. Muitos desses remédios vendidos na farmácia foram criados por corporações que pensam apenas no lucro e têm substâncias que causam câncer.

9. Corante alimentar artificial e conservantes

Talvez você não saiba, mas os conservantes mais fortes literalmente sufocam as células do corpo. O resultado disso é o desenvolvimento de células cancerosas. Evite esses produtos criados em laboratório e invista em frutas, legumes orgânicos, grãos e sementes (de preferência, orgânicos).

 

10. Produtos de higiene

Tudo o que aplicamos em nossa pele, dentes ou cabelo entra em nossa corrente sanguínea. Sendo assim, se usarmos produtos sem conhecer a procedência, corremos o risco de desenvolver câncer. Como já falamos anteriormente, aposte em produtos naturais e orgânicos. Há uma frase que diz "Não passe na pele o que você não pode comer". Para alguns, pode ser radical. Mas a vida prova que a frase tem certo sentido.

Postado em 14 de Maio, às 23:15 por Redação Criativa 0 comentários

Estudo aponta que alcoolismo compromete o cérebro

Pessoas alcoólatras tendem a comprometer o cérebro, mesmo que não ocasionem a embriaguez. Dados de um estudo liderado pelo Sistema de Saúde para Veteranos do Exército de San Diego, nos Estados Unidos, revelam que embora não percebam, os consumidores de álcool reduzem a velocidade das habilidades motoras, memória de curto prazo e processamento complexo demonstrando menor autopercepção de danos do que os que não bebem.

O neurologista Antônio de Souza Andrade Filho explicou que pessoas com embriaguez aguda desidratam o cérebro podendo causar um edema. “Ingerindo álcool a pessoa vai mudando de comportamento, fica eufórico e depois sonolento podendo levar até um estado de coma”, observou, esclarecendo que, pode ter ainda desorientação mental ou quadro de confusão mental.

Ele observou que, aquele indivíduo que usa cronicamente o álcool, além das repercussões em todos os organismos, afeta diretamente o cérebro. “Porque toda vez que o álcool age sobre a química cerebral traz consequências em grau de atrofia de estrutura cerebral”, explicou. Segundo o especialista, os consumidores de bebidas alcóolicas podem ter demência alcóolica.

De acordo Antônio de Souza Andrade Filho, o alcoolismo no Brasil é um problema de saúde pública que deve ser solucionado o quanto antes. “Cada dia mais pessoas são dependentes dessa droga que destrói a sociedade de maneira assustadora. É preciso que o Poder Público tome medidas para promover políticas públicas para acabar com a dependência do álcool que tanto prejudica a população”, afirmou.

Uma série de fatores podem influenciar o como e o quanto o álcool afeta o cérebro, como a quantidade e frequência de consumo de álcool, idade de início e o tempo de consumo de álcool, idade do indivíduo, nível de educação, gênero sexual, aspectos genéticos e histórico familiar de alcoolismo, risco existente de exposição pré-natal ao álcool e condições gerais de saúde do indivíduo.

Por isso, segundo o neurologista, o álcool pode produzir danos após apenas algumas doses. “Independente da quantidade de bebida alcoólica ingerida o indivíduo deve estar atentos aos danos causados que este álcool pode causar ao cérebro. No entanto, altas quantidades de álcool, podem produzir danos graves a saúde”, ressaltou.

O estudo sugere que as mulheres são mais susceptíveis do que os homens para vivenciar os efeitos adversos sob mesmas doses de álcool. “Essa diferença se dá por conta do diferente metabolismo entre homens e mulheres”, explicou o neurologista, destacando que, o consumo regular do álcool leva a perdas de memória, que vão se aprofundando cada vez mais.

Postado em 06 de Maio, às 14:57 por Redação Criativa 0 comentários

10 sintomas iniciais do câncer da bexiga que todos precisam saber

O câncer de bexiga é praticamente ignorado, pois nem 10% da população dos Estados Unidos, por exemplo, sofre desse mal.

A maioria das vítimas sofre com câncer na pele, no pulmão, na próstata, mama e no ovário.

Segundo a Sociedade Americana do Câncer, até o final de 2017, 80.000 pessoas serão diagnosticadas com câncer a bexiga só nos Estados Unidos.

É, portanto, um problema muito grave!

Muita gente morre antes de começar o tratamento porque os sintomas do câncer são facilmente confundidos com os de outras doenças.

Para quem não sabe, as células da bexiga podem sofrer alterações.

Essas mudanças podem resultar em problemas como:

- Cálculos renais e infecções do trato urinário

- Tumores benignos, como fibroma ou papiloma

- Tumores malignos e câncer

Esta última é um verdadeiro pesadelo.

O câncer de bexiga pode ser “não invasivo”, que ocorre nas células do urotélio; e o “invasivo”, que se espalha para os músculos da parede da bexiga e dos tecidos conectivos.

O tratamento vai depender do grau, da categoria e do estágio da doença.

As principais alternativas convencionais são:

- Radiação

- Cirurgia

- Imunoterapia

- Quimioterapia

Os sintomas mais comuns, no início do câncer, são:

- Dificuldade em urinar

- Necessidade frequente de urinar

- Sangue na urina

- Sensação de ardor ao urinar

 Quando o câncer está num estágio mais avançado, os sintomas são:

- Protuberância na pelve

- Mudança nos hábitos intestinais

- Inchaço nas pernas

- Febre

- Anemia

- Perda de apetite

- Perda de peso

Dor no reto, ânus, pelve, flanco ou nos ossos

A doença atinge tanto as mulheres como os homens, porém é mais comum neles.

Explicamos um pouco sobre a doença, os sintomas e os tratamentos, mas o melhor de tudo é a prevenção.

1. Não fume

Todo mundo sabe que o fumo tem muita composição química, então fuja dessa droga.

 E cuidado para não ser fumante passivo.

2. Reduza a exposição a produtos químicos

Muitos trabalhos exigem o uso de produtos químicos perigosos.

No entanto, se você quer se proteger, é importante tomar precauções de segurança, incluindo máscaras faciais e roupas de proteção.

Outra medida a ser tomada é evitar alimentos processados e produtos de limpeza industrializados.

Alternativas naturais são sempre mais seguras.

3. Beba muita água

Permanecer bem hidratado durante o dia dilui a urina e estimula a micção.

O que isso significa?

Que você estará filtrando e eliminando as toxinas regularmente, dando-lhes menos tempo para permanecer na bexiga.

4. Alimente-se de várias frutas e verduras

Comer uma variedade de frutas e vegetais garante uma alta ingestão de fibra, como alta ingestão de antioxidantes, que combatem o câncer.

A fibra promove movimentos intestinais regulares, enquanto os antioxidantes matam os radicais livres antes que eles tenham a chance de causar câncer

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Postado em 06 de Maio, às 14:49 por Redação Criativa 0 comentários

Teste consegue eliminar HIV de corpo de animal vivo pela 1ª vez

Cientistas da Universidade Temple, na Flórida, em parceria com a Universidade de Pittsburgh, alcançaram um resultado importante na luta contra o HIV. Pesquisa conduzida na Lewis Katz School of Medicine (LKSOM), associada à Temple, conseguiu eliminar completamente o vírus de camundongos que haviam recebido células humanas infectadas com HIV. As informações são da revista Veja.

“A equipe é a primeira a demonstrar que a replicação do HIV-1 pode ser completamente suprimida e o vírus é eliminado de células infectadas em animais com uma poderosa tecnologia de edição de genes conhecida como CRISPR/ Cas9”, informa o site da LKSOM.

A pesquisa foi coordenada por Wenhui Hu, MD, PhD e professor associado no Centro de Pesquisa de Doenças Metabólicas e do Departamento de Patologia da LKSOM; Kamel Khalili, PhD. Laura H. Carnell professora e presidente do Departamento de Neurociências, diretora do Centro de Neurovirologia e diretora do Centro Compreensivo de NeuroAIDS da LKSOM; e por Won-Bin Young, PhD.

O trabalho é uma continuação de um estudo anterior, em que foram usados modelos transgênicos de ratos e camundongos com DNA de HIV-1 incorporados no genoma de todos os tecidos dos corpos dos animais.

“Nosso novo estudo é mais abrangente. Confirmamos os dados de nosso trabalho anterior e melhoramos a eficiência de nossa estratégia de edição de genes. Nós também mostramos que a estratégia é eficaz em dois modelos outros dois tipos de roedores, um representando infecção aguda em células de rato e o outro representando infecção crônica ou latente em células humanas”, explica Dr. Hu. O próximo passo seria repetir testes em primatas e, posteriormente, em pacientes humanos.

Postado em 05 de Maio, às 19:21 por Redação Criativa 0 comentários

Poderosa planta, cura todo tipo de inflamação e limpa os pulmões

Vamos falar agora de uma das mais poderosas plantas medicinais.

Que planta é essa?

É a tanchagem, cujo nome científico é Plantago major.

Esta planta é muito especial.

Ela limpa o sangue e os pulmões.

O chá de suas folhas serve como cicatrizante; combate diarreia, problemas gastrointestinais e dores de dentes; desinflama os gânglios; faz parar o catarro dos brônquios e desinflama boca e garganta.

É também excelente apoio para quem quer parar de fumar.

As folhas limpas e escaldadas em água fervente aplicadas sobre feridas ou úlceras são cicatrizantes e servem também contra lepra, mordida de cão e queimaduras.

O chá morno também serve para banho de assento em caso de leucorreia.

As folhas como emplastro curam feridas, fístulas e hemorroidas.

A infusão de folhas serve para estancar hemorragias nasais, em caso de retenção de líquidos e para eliminar a tosse e as mucosidades.

As folhas e espigas tomadas em cozimento são excelentes para curar algumas afecções hepáticas e estomacais.

É uma planta com forte ação anti-inflamatória.

Usa-se toda a parte aérea da planta, ou seja, as folhas e o pedúnculo.

Basta esmagar e colocar em água fervente duas colheres de sopa em um litro de água e esperar esfriar.

Coe e está pronto.

Lave muito bem antes em água corrente, pois a tanchagem é muito rasteira e acumula terra e areia com facilidade.

É um excelente cicatrizante.

Para aftas, este chá em bochechos é um grande remédio.

Há relatos de cura de ferida no útero e de HPV.

Nesse caso, tomar o chá de tanchagem com chá de alfavaca durante quatro meses e a cada duas semanas fazer ducha vaginal com o chá de morno para frio.

Esta receita também serve para câncer de colo de útero.

Um resumo das indicações terapêuticas da tanchagem - ela trata:

- Asma e afecções das vias respiratórias, da boca e garganta

- infecções

- gota, excesso de ácido úrico no sangue

- úlcera gástrica

- inflamações nos ouvidos, nos olhos, nas gengivas, na garganta, nas amígdalas, na faringe, no estômago, nos intestinos, nos rins e na bexiga.

- gripes

- sinusite

- apendicite

- conjuntivite

- hemorroidas

- problemas urinários

- Diarreia, cólica infantil

- feridas.

Você encontra a tanchagem em boas lojas de produtos naturais ou em casas de ervas medicinais.

Pessoas que não devem tomar o chá de tanchagem: grávidas, lactantes (mulheres que estão amamentando) e cardíacos.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Postado em 01 de Maio, às 20:37 por Redação Criativa 0 comentários

Curso em Salvador aborda a Segurança Alimentar

A Faculdade Maurício de Nassau através da coordenação do curso de Nutrição realiza no dia 6 de maio, um curso de extensão sobre Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC). O encontro aborda a segurança do alimento através da análise e controle dos riscos físicos, químicos e biológicos e ocorre no auditório da unidade Pituba, das 8h às 18h.

A APPCC será abordada nos seguintes aspectos: histórico e objetivos; conceitos e definições; programas de pré-requisitos; etapas de implantação; ampliação dos sete princípios; montagem do plano e identificação dos perigos. “Este curso tem o objetivo de compreender a elaboração e implantação do sistema APPCC para garantia na segurança de alimentos desde a produção da matéria-prima, suprimento e manuseio até fabricação, distribuição e consumo do produto acabado”, explica a coordenadora do curso de Nutrição da Nassau, Luciana Neri.

Para os interessados as inscrições podem ser feitas http://extensao.uninassau.edu.br/, mediante a doação de 1Kg de alimento não-perecível. Os donativos arrecadados serão doados a instituições beneficentes da capital baiana.

Postado em 28 de Abril, às 09:41 por Redação Criativa 0 comentários

Cientistas criam neurônio que pode curar lesões na medula espinhal

Cientistas dos Institutos Gladstone, nos Estados Unidos, criaram, a partir de células estaminais, um tipo especial de neurônio que pode potencialmente reparar lesões da medula espinhal.

Estas células, interneurônios (que se ligam a outro neurônios) ‘V2a’, transmitem sinais na medula espinhal para ajudar a controlar os movimentos. Quando os investigadores transplantaram essas células na medula espinhal de ratos, os interneurônios integraram-se nas células existentes.

Os interneurônios ‘V2a’ retransmitem sinais do cérebro para a medula espinhal, onde se ligam a neurônios motores que se projetam para os braços e pernas.

Assim, dizem os responsáveis do estudo, publicado nesta segunda-feira (24) na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, os interneurônios percorrem longas distancias, subindo e descendo a medula espinhal para iniciar e coordenar movimentos musculares, bem como a respiração.

Danos nos interneurônios ‘V2a’ podem interromper as ligações entre o cérebro e os membros, o que contribui para a paralisia após lesões na medula espinhal.

“Os interneurónios podem redirecionar-se após lesões na medula espinhal, o que os torna um alvo terapêutico promissor”, disse um dos autores da investigação, Todd McDevitt.

“O nosso objetivo é reformular os circuitos afetados, substituindo interneurônios danificados para criar novos caminhos para a transmissão do sinal em torno do local da lesão”, adiantou o investigador.

Segundo o estudo, os investigadores produziram pela primeira vez interneurônios ‘V2a’ a partir de células estaminais humanas, criando substâncias químicas, e mais tarde ajustando-as, que gradualmente levavam as células base a desenvolverem os interneurônios .

Jessica Butts, primeira autora do estudo, explicou que o objetivo foi encontrar a forma de levar à produção de interneurônios ‘V2a’ em vez de outro tipo de células neuronais, como neurônios motores.

Nas suas experiências, os cientistas implantaram interneurônios na medula espinhal de ratos saudáveis e verificaram que estes se integraram com as outras células. O próximo passo é, segundo os cientistas, transplantar células em ratos com lesões na medula espinhal, para ver se os interneurônios V2a se ajustam para restaurar os movimentos afetados pela lesão.

Postado em 26 de Abril, às 20:08 por Redação Criativa 0 comentários

Ser mãe aos 40 é cada vez mais comum; conheça os riscos e os cuidados

Por ter foco na carreira ou por não ter encontrado o par ideal, a mulher moderna tem deixado para ser mãe mais tarde. Na década de 70, apenas uma a cada 20 mulheres atendidas no Hospital da Clínicas de São Paulo tem mais de 35 anos. Nesta década, a cada cinco, uma tem essa idade. Muitas vezes, as mulheres esperam até os 40 anos para engravidar.

É o caso de Dori Jatobá, que teve o primeiro filho, Victor, aos 43 anos. “Quando decidi ter um filho, procurei um médico que me chamou de louca e disse que na minha idade era muito difícil, mas não desisti. Encontrei um profissional que me deu força e me disse que eu não seria a primeira e nem a última”, conta ela.

O primeiro médico visitado por Dori não estava totalmente errado. Realmente é mais difícil engravidar depois do 40 anos, mas não é impossível. A mulher nasce com um número finito de óvulos, que naturalmente se esgotam com a idade. A partir dos 35 anos, o número de óvulos sofre uma diminuição acentuada e, por isso, a gravidez se torna menos comum a partir dessa idade. Mas Dori não teve dificuldades. “Deixei de tomar pílula num mês de março e em maio já estava grávida”, lembra.

Riscos

A gravidez na idade avançada está relacionada ao aumento de incidência de diabete gestacional, hipertensão específica da gravidez, abortos espontâneos, prematuridade e problemas no trabalho de parto. E o bebê também corre riscos, que estão associados a alterações cromossômicas. Apesar disso, os avanços tecnológicos da medicina conseguem diminuir esse impacto, tanto nas mães quanto nos fetos com diagnósticos precoces.

Cuidados

Quando uma mulher decide engravidar depois dos 40 anos, ela precisar tomar muitos cuidados com a saúde, porque passa a ter propensão a doenças como diabete, hipertensão e alterações cardiovasculares. É importante fazer um check up de toda essa parte antes de começar a tentar engravidar. O acompanhamento de um médico é fundamental para que tudo dê certo, inclusive durante a gestação. O pré-natal também deve ser mais intenso, tendo em vista todas as complicações que uma gestação nessa idade pode trazer.

Maternidade

“Realmente ter filho com 40 não é a mesma coisa que ter filho com 20. É preciso ter muito pique para correr atrás, porque as crianças têm muita energia”, conta Dori. Mas a maturidade ajuda. Aos 40 anos, a mulher já tem outra visão do que é ser mãe, é mais paciente, mais tranquila e, geralmente, nessa fase já não há tantos problemas financeiros. Além disso, a gravidez aos 40 pode ser mais desejada e curtida do que as demais. “Ter um filho sempre foi um sonho. Victor foi muito desejado”, conta Dori.

Postado em 26 de Abril, às 20:06 por Redação Criativa 0 comentários

Animais de estimação poderão auxiliar no tratamento de pacientes hospitalizados

Utilizar animais de estimação como forma de terapia durante o tratamento de pacientes internados em hospitais da rede pública e privada de Salvador. Esse é o objetivo do projeto de lei apresentado pela vereadora Marcelle Moraes (PV) na Câmara Municipal, que permitirá o ingresso dos pets nas unidades hospitalares, sempre obedecendo os critérios predefinidos por cada estabelecimento de saúde.

"Poucas pessoas conhecem os benefícios que os animais podem trazer para pacientes que passam longos períodos no ambiente hospitalar. É algo completamente inovador. Existem estudos que comprovam que os animais podem trazer diversos benefícios à saúde como elevação da autoestima, redução da dor, ansiedade e depressão. Queremos estimular em Salvador a prática dessa terapia que já tem ajudado na reabilitação de vários pacientes no mundo inteiro", explicou a edil. Marcelle destacou ainda que para terem acesso as unidades hospitalares os animais passarão por uma avaliação veterinária rigorosa, para afastar qualquer risco à saúde dos pacientes.

Estudo

Um estudo publicado pela Revista Brasileira de Enfermagem, em 2009, mostra que a interação animal/paciente melhora o padrão cardiovascular, diminuindo a pressão arterial e os níveis de colesterol. Tal interação também produz o aumento de substâncias como endorfinas e ocitocinas, que atuam positivamente no estado de ansiedade.

Postado em 20 de Abril, às 11:33 por Redação Criativa 0 comentários

Veja como ficar longe dos 7 vilões da pressão alta

De cada 4 brasileiros, 1 tem pressão alta. Não é um número pequeno, especialmente considerando-se que a hipertensão arterial é responsável por 45% dos ataques cardíacos e 51% dos acidentes vasculares cerebrais, segundo o Vigitel (sistema de vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico), do Ministério da Saúde.

Com o objetivo de alertar para esse risco silencioso e chamar atenção das pessoas para o problema, é comemorado em 26 de abril o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial.

A pressão considerada boa é quando a máxima está em 120 e a mínima 80 milímetros de mercúrio – conhecida como 12 por 8. Quando a pressão arterial está acima desse limite considerado normal, ocorre a hipertensão.

Como ela não dá sinais, é preciso medir periodicamente – pelo menos uma vez por ano. Há também ações que ajudam a evitar a hipertensão.

1 - O sal que se vê e o sal escondido

O sal é o que mais chama atenção quando se fala em perigos para a pressão alta. O brasileiro usa em média 12 gramas por dia, quando o recomendado são 5 gramas por dia.

Engana-se quem pensa que nessa soma vai apenas aquela pitada de sal colocada já no prato sobre a comida. O sal está presente em muitos alimentos que comemos sem nos darmos conta – como por exemplo, o pão francês, que tem uma quantidade grande de sal e muitas pessoas desconhecem.

Outro problema em relação ao sal está na forma de preparar os alimentos – a sugestão é utilizar mais temperos naturais como limão, salsinha, cebolinha. Nunca se deve adicionar sal no prato. O saleiro deveria ser jogado fora. Jamais estar presente à mesa e agregar mais sal à comida já preparada.

2 – Mexa-se e abaixe sua pressão

Outro vilão da hipertensão é o sedentarismo. A prática regular de exercício, como uma hora de caminhada por dia, pode diminuir 2 milímetros de mercúrio da pressão tanto sistólica quanto diastólica. Pressão arterial sistólica é conhecida como a pressão máxima e diastólica como mínima.

3 – Livre-se do sobrepeso

A obesidade é um dos vilões para a pressão alta – quanto maior a obesidade, pior será a pressão arterial. Por isso, quem sofre de pressão alta ou vê esse problema como um risco deve livrar-se do sobrepeso.

4 – Evite alimentos calóricos

Os alimentos ricos em gorduras também são prejudiciais – eles ocasionam o sobrepeso e a obesidade e, por tabela, o aumento da pressão arterial. O ideal é ter uma dieta balanceada, rica em frutas, vegetais e cereais e com consumo reduzido de industrializados, açúcar e sódio.

Deve-se evitar açúcar, cafeína, carboidrato simples (pães brancos, doces e massas), gordura saturada (carnes vermelhas gordas, frituras, alimentos industrializados, embutidos, pães e bolos gordurosos, leite integral, cremes e molhos), gordura trans (sorvetes, chocolates, molhos prontos e margarinas).

5 – Jogue fora o cigarro

Entre os muitos males que o tabagismo provoca à saúde, a hipertensão é mais um problema. O cigarro aumenta a frequência cardíaca, o que leva à elevação arterial. Quando a pessoa para de fumar, em 20 minutos a pressão sanguínea normaliza; em 2 horas não há mais nicotina no seu sangue; em 8 horas o nível de oxigênio no sangue se normaliza; em 2 dias seu olfato e paladar melhoram; em 3 semanas a respiração melhora; em 10 anos o risco de sofrer infarto será igual ao da população geral; em 20 anos o risco de desenvolver câncer de pulmão será quase igual ao de quem nunca fumou.

6 – Beba com moderação

O conhecido lema vale também para quem quer cuidar da pressão arterial. Quando a ingestão de bebida alcoólica não é feita com moderação, provoca aumento da pressão.

7 – Sem estresse

O estresse é geral em todos os lugares, para todo mundo e provoca elevação da pressão. Há estudos mostrando que pacientes de férias têm diminuição da pressão e do consumo de medicação. Quando volta ao trabalho, a pressão arterial aumenta.

Os hobbies que a pessoa cultiva e mantêm são  essenciais para canalizar o estresse. A prática de exercício físico também é canalizador do estresse, além das terapias alternativas. 

Postado em 19 de Abril, às 08:27 por Redação Criativa 0 comentários

Mais da metade dos brasileiros está com peso acima do recomendado

Estudo divulgado hoje (17) pelo Ministério da Saúde revela que o excesso de peso no Brasil cresceu 26,3% nos últimos dez anos, passando de 42,6% em 2006 para 53,8% em 2016. De acordo com a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), o problema é mais comum entre os homens: passou de 47,5% para 57,7% no período. Já entre as mulheres, o índice passou 38,5% para 50,5%.

Segundo o estudo, Rio Branco é a capital brasileira com maior prevalência de excesso de peso: 60,6 casos para cada 100 mil habitantes. Em seguida estão Campo Grande (58/100 mil habitantes), Recife, João Pessoa e Natal (56,6/100 mil habitantes) e Fortaleza (56,5/100 mil habitantes). Já Palmas é a capital brasileira com a menor prevalência de excesso de peso (47,7/100 mil habitantes).

O levantamento revela que, no Brasil, o indicador de excesso de peso aumenta com a idade e é maior entre os que têm menor grau de escolaridade. Nas pessoas com idade entre 18 e 24 anos, por exemplo, o índice é de 30,3%. Já entre brasileiros de 35 a 44 anos, o índice é de 61,1% e, entre os com idade de 55 a 64 anos, o número chega a 62,4%. Já na população com 65 anos ou mais, o índice é de 57,7%.

Em relação à escolaridade, 59,2% das pessoas que têm até oito anos de apresentam excesso de peso. O percentual cai para 53,3% entre os brasileiros com nove a 11 anos de estudo e para 48,8% entre os que têm 12 ou mais anos de estudo.

Obesidade

A Vigital diferencia excesso de peso ou sobrepeso de obesidade. A pessoa com sobrepeso tem Índice de Massa Corporal igual ou maior que 25 quilos por metro quadrado (kg/m2). Já a obesidade implica em IMC igual ou superior a 30 (kg/m2).

De acordo com os dados, a prevalência de obesidade no país duplica a partir dos 25 anos de idade e o problema também é maior entre os que apresentam menor escolaridade. Nas pessoas com idade entre 18 e 24 anos, por exemplo, o índice é de 8,5%. Já entre brasileiros de 35 a 44 anos, o índice é de 22,5% e, entre os com idade de 55 a 64 anos, o número chega a 22,9%. Na população com 65 anos ou mais, o índice é de 20,3%.

Em relação à escolaridade, os que têm até oito anos de estudo apresentam índice de obesidade de 23,5%. O percentual cai para 18,3% entre os brasileiros com nove a 11 anos de estudo e para 14,9% entre os que têm 12 ou mais anos de estudo.

Postado em 17 de Abril, às 18:37 por Redação Criativa 0 comentários

Mobilização nacional de vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira

Começa hoje (17) a mobilização nacional de vacinação contra a gripe. A campanha deste ano inclui, pela primeira vez, os profissionais de educação no grupo prioritário. Cerca de 2,3 milhões de professores de escolas das redes pública e privada devem ser imunizados nos postos de saúde de todo o país.

Nos dias 2 e 3 de maio, os docentes serão vacinados nas escolas. Idosos, trabalhadores do setor de saúde, crianças de 6 meses até 5 anos, gestantes, mulheres no pós-parto, indígenas, população privada de liberdade, inclusive os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa, e pessoas com doenças crônicas continuam como público-alvo da vacinação.

A vacina permite a proteção contra os vírus A(H1N1), H3N2 e influenza B. Como os vírus são mutantes, a composição da vacina é feita somente depois da indicação da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre as cepas (variações dos vírus) que circularam com mais frequência nos últimos meses na região. Segundo a OMS, em 2016 a cepa do vírus A(H1N1) foi alterada, o que levou à produção de uma nova composição para a campanha deste ano.

Cerca de 60 milhões de doses serão distribuídas aos postos da rede pública de saúde. O Ministério da Saúde espera que pelo menos 54 milhões de pessoas sejam imunizadas até o dia 26 de maio, prazo final da campanha. O dia D da mobilização será em 13 de maio.

O principal objetivo da campanha é reduzir as hospitalizações e a ocorrência de mortes relacionadas à influenza. Segundo o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de internações por pneumonia e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da gripe. Em 2016, o país registrou a maior incidência dos casos de gripe desde a pandemia iniciada em 2009. Mais de 2.200 pessoas morreram no ano passado por problemas relacionados à gripe. De janeiro a abril deste ano ocorreram 48 mortes.

Apesar de a incidência de casos estar num ritmo bem menor do que o registrado no ano passado, o Ministério da Saúde alerta para a necessidade de se vacinar o quanto antes e garantir que a proteção seja efetiva no período de maior vulnerabilidade, o inverno. Além de buscar a imunização, o Ministério recomenda que a população lave as mãos várias vezes ao dia, cubra o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evite tocar o rosto, não compartilhe objetos de uso pessoal, mantenha os ambientes bem ventilados e evite a permanência em locais com aglomeração.

Postado em 17 de Abril, às 08:15 por Redação Criativa 0 comentários

45% das doenças cardíacas começam na boca; entenda

Você sabia que 45% das doenças cardíacas começam na boca? Segundo pesquisa do Instituto do Coração (Incor), isso acontece devido a cáries profundas com comprometimento do canal, gengivite, restos de dente e abscessos, que podem geram infecções e através da corrente sanguínea podem atingir o coração.

Três em cada quatro pacientes têm problemas na gengiva. O sangramento gengival é o primeiro sinal de inflamação e pode acarretar a periodontite.

As formas de prevenir as doenças da boca ainda são as mais tradicionais. O uso diário de fio dental e a escovação, após as refeições ajudam muito a manter a saúde bucal.

De acordo com estudos realizados na Escócia, pessoas que escovam os dentes menos de duas vezes por dia tem 70% de mais chance de ter um infarto. E é necessário atenção ao escovar os dentes. O tempo mínimo para uma escovação eficiente são dois minutos.

Postado em 12 de Abril, às 15:27 por Redação Criativa 0 comentários

Veja a Dieta do ovo cozido para emagrecer 10 kg em 14 dias

Vale lembrar que o que emagrece mesmo a longo prazo e de forma saudável é a reeducação alimentar.

Este tipos de dietas, são validos apenas quando você tem uma festa pra ir e precisa caber em um vestido ou coisas do tipo.

Mas não para serem seguidas por toda a vida, pois se seguirem por muto tempo pode ser super prejudicial a saúde.

Venha agora conferir mais dicas e o cardápio da dieta do ovo cozido ...

Dieta do Ovo Cozido - Emagrece Mesmo

A dieta do ovo, vem sendo um sucesso no mundo todo e quem já fez garantem que ela ajuda mesmo a emagrecer em um curto período de tempo.

A dieta vem sendo compartilhada nas redes sociais, e tem conquistado cada dia mais seguidores se tornando a dieta da moda mesmo.

Mas como eu disse no início do artigo e volto a afirmar esta uma dieta de emergência e deve ser feita por um curto período de tempo, para não comprometer a sua saúde.

E também só pode ser feita por pessoas que estão cem por cento saudáveis, ok?

Se você tem qualquer problema de saúde não faça nenhuma dieta restritiva ou dieta de emergência pois pode ser muito perigoso.

Esta dieta é composta por poucos alimentos, e bem fácil de seguir , não tem segredo nenhum.

E ela também não vai deixar você com fome ,porque os ovos ajudam a reduzir o apetite aumentando a sensação de saciedade .

Confira abaixo o cardápio completo da Dieta do Ovo Cozido ...

Dieta do Ovo Cozido - Cardápio Completo

Esta dieta é composta por poucos alimentos, e bem fácil de seguir , não tem segredo nenhum.

E ela também não vai deixar você com fome ,porque os ovos ajudam a reduzir o apetite aumentando a sensação de saciedade .

Ela dura duas semanas, então siga tudo a risca os alimentos recomendados, para obter o emagrecimento desejado.

 Cardápio da 1ª Semana da Dieta do Ovo

Segunda-Feira

Café da manhã: 2 ovos cozidos e 1 fruta cítrica.

Almoço: 2 fatias de batata-doce e 2 maçãs.

Jantar: 1 prato grande de salada e frango.

Terça-Feira

Café da manhã: 2 ovos cozidos e 1 fruta cítrica.

Almoço: salada de legumes verdes e frango.

Jantar: salada de legumes, 1 laranja e 2 ovos cozidos. 

Quarta-Feira

Café da manhã: 1 fruta cítrica e 2 ovos cozidos.

Almoço: queijo magro, 1 tomate e 1 fatia de batata-doce.

Jantar: salada e frango.

Quinta-Feira

Café da manhã: 2 ovos cozidos e 1 fruta cítrica.

Almoço: frutas.

Jantar : salada e frango cozido no vapor.

Sexta-feira

Café da manhã: como no dia anterior.

Almoço: legumes cozidos e 2 ovos.

Jantar: salada e peixe grelhado.

Sábado

Café da manhã: como no dia anterior.

Almoço: frutas.

Jantar: frango e legumes cozidos no vapor

Domingo

Café da manhã: 2 ovos cozidos e 1 fruta cítrica.

Almoço: salada de tomate, legumes cozidos no vapor e frango.

Jantar: legumes cozidos no vapor.

Cardápio da 1ª Semana da Dieta do Ovo

 Segunda-Feira

Café da manhã: 2 ovos e 1 fruta cítrica.

Almoço: salada + frango.

Jantar: 1 laranja, salada e 2 ovos

Terça-Feira

Café da manhã: como no dia anterior.

Almoço: 2 ovos + legumes cozidos no vapor.

Jantar: salada e peixe grelhado.

Quarta-Feira

Café da manhã: como no dia anterior.

Almoço: salada + frango.

Jantar: 1 laranja + salada de legumes + 2 ovos.

Quinta-Feira

Café da manhã: como no dia anterior.

Almoço: legumes cozidos no vapor + queijo de baixo teor de gordura + 2 ovos.

Jantar: salada + vapor de frango

Sexta-Feira

Café da manhã: como no dia anterior.

Almoço: salada de sardinha.

Jantar: salada + 2 ovos

Sábado

Café da manhã: como no dia anterior.

Almoço: salada + frango.

Jantar: frutas.

Domingo

Café da manhã: como no dia anterior.

Almoço: legumes cozidos no vapor + frango.

Jantar: como o almoço.

Dicas importantes sobre a Dieta do Ovo Cozido

Durante a dieta é necessário beber muita água, pelo menos dois litros de água por dia para manter seu corpo bem hidratado

Esta dieta é bem restrita em carboidratos por isto o emagrecimento rápido, sempre consulte seu médico antes de iniciar qualquer dieta.

Durante a dieta , não como nada que não esteja no cardápio, e claro evite doces , refrigerantes e tudo que for calórico e fora do seu cardápio.

Limite também o consumo de sal e temperos industrializados , para evitar retenção de líquidos.

Tempere seus pratos com pouco sal e apenas temperos naturais como alho fresco, alecrim, manjericão , etc ...

Não faça este dieta por mais de 14 dias, pode ser perigoso a sua saúde.

Qualquer dúvida entre fazer ou não a dieta do ovo, consulte seu médico, só ele saberá te informar o seu real estado de saúde e quais dietas você pode ou não fazer.

Postado em 08 de Abril, às 12:22 por Redação Criativa 0 comentários

Cientistas britânicos criam substância que pode regenerar dentes e aposentar obturações

Uma nova droga pode tornar as obturações obsoletas, afirmam cientistas britânicos. Uma equipe do King's College de Londres desenvolveu uma substância química que, em testes com ratos, estimulou células da polpa dental a taparem pequenos buracos nos dentes. Para isso, uma esponja biodegradável embebida no produto foi colocada na cavidade. Em um estudo publicado pela revista científica Scientifica Reports, a substância teve, segundo os cientistas, efeito reparativo "completo, eficaz e natural".

Dentes têm capacidade limitada de regeneração. Podem produzir uma pequena faixa de dentina - a camada abaixo do esmalte - se a polpa fica exposta, mas não podem consertar cavidades maiores. Isso é feito com obturações, em que dentistas usam um amálgama metálico ou um composto feito de vidro em pó e cerâmica. Só que esses reparos frequentemente precisam ser substituídos ao longo da vida. Os pesquisadores, então, tentaram ampliar a capacidade regenerativa natural dos dentes - foi assim que descobriram a droga, chamada Tideglusib.

A substância aumentou a atividade de células-tronco na polpa dental dos ratos - elas conseguiram fazer reparos em buracos de 0,13mm nos dentes dos roedores. "A esponja é biodegradável, isso é a chave", disse à BBC Paul Sharpe, um dos cientistas do King's College. "O espaço ocupado pela esponja fica cheio de minerais enquanto a dentina regenera, então você não tem nada ali que possa falhar no futuro." A equipe agora quer descobrir como conseguir aumentar o poder de ação da Tideglusib. "Não acho que vamos esperar muito tempo. Tenho esperanças de que (o tratamento) estará comercialmente disponível em três a cinco anos", completou Sharp.

Postado em 28 de Março, às 21:20 por Redação Criativa 0 comentários

Unidade de saúde da família Novo Itatim, da palestra sobre a menopausa

Neste mês de março a unidade de saúde da família Novo Itatim, realizou um evento nesta sexta-feira (24), abordando o tema menopausa, com o apoio do NASF.

Realização de exame preventivo com a coordenação da atenção básica Marcia Luz, e oferta de cortes de cabelos com a cabeleireira Nice, atividade física, entre outros.

"A cada ano, sentimos mais orgulho em poder estar ao lado do que nos motiva a trabalhar incessantemente pela nossa essência, a saúde da mulher.” Disse a enfermeira Samara Sousa

Postado em 27 de Março, às 22:13 por Carlos Quintino 0 comentários

Próximo




Gutscheine Groupon
Códigos descuento Groupon
Instagram



Enquetes


Categorias

Áudios Cidades Colunas Educação Entretenimento Esportes PodCast Polícia Política Publicidade Riviera Amargosa Saúde Tempo

Rede Criativa

Mídia Notícias Rádio Hoje Brasil Repórter Hoje

Cidades

Amargosa Brejões Elísio Medrado Itatim Recôncavo Salvador Santo Antonio de Jesus São Miguel das Matas Vale do Jiquiriçá Varzedo
Anunciar | Você Repórter | Termos de Uso | Contato | Expediente
©Copyright - Criativa On Line - Rede Criativa de Comunicação
A Força da Comunicação na Internet! 29/05/2017 14:08